Esta foto é sua?

Motivos para você não deixar de assistir ao “Clube de Compras Dallas”

Um filme sobre mudanças de paradigmas, preconceito, determinação, perda, AIDS, sexualidade e duas pessoas desconhecidas que se uniram em prol de algo que salvou a vida de várias outras pessoas.

Trailer:

Ron Woodroof (Matthew McConaughey) era um eletricista texano e solteiro, que quando não estava trabalhando estava farreando nos rodeios. Sua vida muda completamente quando ele descobre que tem AIDS e que só tem apenas um mês de vida. Desacreditado, ele xinga o médico e vai embora do hospital. Mas por conta da doença volta ao hospital e é internado por alguns dias.

Assim começa essa história incrível e que rendeu algumas indicações e alguns prêmios ao filme. Matthew fez uma excelente atuação, juntamente com Jared Leto, que interpretou Rayon. Aliás, este é de longe um dos seus melhores trabalhos no cinema. É incrível, como ele se transforma em Rayon, de tal forma que quase nem o reconhecemos.

O filme se passa na década de 80, em que AIDS era um bicho gigante dentro de uma sala escura que só homossexuais transmitiam (o que não é verdade, como sabemos hoje), e pessoas que não fossem heterossexuais eram banalizadas pela sociedade. Pois são justamente esses os dois temas do filme. Enquanto Ron, é um cara homofóbico e está sofrendo porque descobriu que possui Aids, Rayon é um transsexual que já aceitou a doença e tenta viver a vida de forma mais leve possível. Mas ambos sofrem preconceitos, tanto dos amigos quanto da sociedade.

E nesse momento, em que Ron começa a se aceitar e a quebrar alguns de seus preconceitos, eis que surge uma luz no fim do túnel. O tratamento da AIDS estava no início, e pouco se sabia dos efeitos colaterais dos remédios que os hospitais estavam administrando em seus pacientes. É com essa cena que Ron começa a contrabandear remédios do México e monta o Clube de Compras Dallas, juntamente com Rayon, que a essas alturas já era amigo de Ron.

Essa amizade entre Rayon e Ron cresce, a ponto de Ron defender seu amigo de um homofóbico e de Rayon pedir dinheiro para o pai e dá-lo a Ron. É lindo de ver a amizade crescer entre duas pessoas completamente diferentes, mas com o mesmo problema. Onde um só quer ajudar o outro a continuar a viver.

Este é um filme sobre superação, perda, aceitação, novas perspectivas, luta. É um filme sobre milhares de pessoas que ainda nos dias de hoje sofrem com o preconceito, mas que se aceitam e se superam.

E me digam, quem assistiu ao filme, o que acharam?

Comentários