Esta foto é sua?

Não desista de ser legal com as pessoas. Sempre vale a pena!

Quem me lê de vez em quando sabe que eu sou do time do apego. Sempre tive um coração meio mole e defendi com unhas, dentes e letras o afeto e a honestidade nos relacionamentos. A verdade é que eu nunca tive muita habilidade para mecanizar minhas relações e sempre me entreguei a elas com todos os meus sentimentos. Já quebrei a cara, é verdade, mas tudo sempre se resolveu facilmente com merthiolate, band-aid, três potes de sorvete e um pouquinho de bom senso.
De uns tempos para cá, no entanto, as pessoas vêm me alertando. Elas vêm dizendo que eu faço tudo errado. Que assim vou ser feita de trouxa. Me disseram que eu sou boazinha demais e que bonzinho só se fode. Disseram que é melhor ficar esperta para não quebrar a cara de novo.

Me disseram para arrumar uns contatinhos. Que quem tem um não tem nenhum. Que homem gosta é de sofrer e que é só arrumar outros que ele vem atrás rapidinho. “É tiro e queda. Vai ficar pianinho. Pode escrever.”

Já me disseram muita coisa e tudo o que eu não consigo entender nessa onda de supervalorização da frieza é o que exatamente eu perco em ser honesta e afetuosa com as pessoas. O que eu não entendo é esse medo desmedido de demonstrar afeto quando na verdade afeto não é bem finito: se com esse não der certo, ainda tenho um estoque interminável para gastar com todos os outros.

A verdade é que independentemente do que nós façamos, algumas relações simplesmente não dão certo. Às vezes a gente quebra a cara mesmo. Ninguém tem o controle do caráter das pessoas. Às vezes as pessoas são desonestas e às vezes as coisas não são tão bacanas. Às vezes as coisas simplesmente não acontecem conforme o planejado e ter a consciência tranquila quanto a ter sido honesto com a própria personalidade e ter doado o melhor de si para os outros já é suficiente para se sentir leve e consolado para seguir em frente. A verdade é que ser legal com as pessoas sempre vale a pena e isso não é exatamente por elas. É pela cabeça leve e tranquila deitada na cama.

Comentários