O poder dos amores não realizados

Não minta para mim, não se engane. Não tente sair pela tangente. Eu tenho um e você também tem. Talvez até mais de um. Não é vergonha nenhuma. Todo mundo tem ou já teve um amor não realizado. Mas veja bem, não pense que é tão fácil assim. Não estamos aqui falando de amores não realizadas há duas semanas. Estamos falando de amores que atravessam anos, eras glaciais, namoros, casamentos, planos econômicos, e que atravessam, incólumes, até o governo Dilma.

Mas não joguem pedras, não estou aqui defendendo uma pessoa que se relaciona com outras sendo apaixonada por outra. Longe de mim. O amor não realizado real, puro, ele adormece quando uma outra paixão se realiza. Mas quando abrimos uma mínima brecha, ele se esgueira para fora e não conseguimos segurar, como o menininho tentando parar o vazamento do dique com o dedo.

Como diria a Robin, timing is a bitch. O mundo é um lugar desorganizado, e diversos fatores contribuem para que este amor continue não realizado. Momentos diferente, um namora o outro está solteiro, um está solteiro e o outro casou, um se mudou pra Iguaba e o outro foi morar na Barra da Tijuca. São demais os perigos dessa vida para quem tem paixão, já bem disse o Poetinha. E a vida vai passando, e vamos tentando esquecer, tentando dar menos importância àquele amor que sempre tentamos negar, cuja existência nosso orgulho não nos deixa admitir. Mas ao menor sinal de fraqueza ele vem à tona. Basta uma foto dela sorrindo, basta reler um texto antigo que ela te escreveu, bastar imaginá-la sozinha, no quarto, triste, e pronto, lá vem ele, o amor não realizada, com o pé na porta. Aí já era.

Há quem diga que o amor não realizado só persiste exatamente por não ter sido realizado. Nada mais longa da verdade. Se for assim, porque alguns amores não realizados cessam ao longo dos anos, e outros não? Porque alguns amores não realizados nos atormentam por séculos, indo e vindo ao sabor das ondas? Isso quer dizer que, caso este amor se realizasse, vocês seriam felizes para sempre? Talvez sim. Talvez não. Não há como saber. Mas um amor que dura tanto, que sobrevive a tantas intempéries, a outros amores, a outros corpos, a outros corações, a outras vidas, um amor desses merece ser vivido. Merece ser realizado.

Nunca se sabe. Como disse Woody Allen através de Juan António, personagem de Javier Barden em Vicky Cristina Barcelona: “Why not? Life is short. Life is dull. Life is full of pain. And this is a chance for something special”. A vida é cheia de dor, nunca percamos uma oportunidade de vivermos algo especial. Afinal, a única maneira de ser livrar de um amor não realizado é realizando. E ninguém quer viver com um amor não realizado para sempre. Não é?!

Comentar sobre O poder dos amores não realizados

76 comentários abaixo sobre O poder dos amores não realizados

  • Aryane Rodrigues disse:

    “Mas um amor que dura tanto, que sobrevive a tantas intempéries, a outros amores, a outros corpos, a outros corações, a outras vidas, um amor desses merece ser vivido. Merece ser realizado.”
    Ahh, Léo, como você consegueeee?! <3
    #perfeição

    • oleoluz oleoluz disse:

      Mágica, uhauauauhauhahuha

      • Aryane Rodrigues disse:

        HAHA. Acho que agora eu começo a entender o motivo dos mágicos sempre terem sido a minha atração preferida nos circos :) A sensibilidade deles diante da vida <3
        Sempre textos maravilindos sobre amor !

  • Daniela Mendes disse:

    ” E a vida vai passando, e vamos tentando esquecer, tentando dar menos importância àquele amor que sempre tentamos negar, cuja existência nosso orgulho não nos deixa admitir. ” Acho que você participou de uma conversa minha com uma amiga hoje sr. Léo !

    Fã #1

  • Nancy Santos disse:

    Porra Léo, justo agora você tinha que escrever esse texto? haha
    Olha você abrindo uma brecha do meu amor não realizado.

    Parabéns pelo texto <3

  • Gustavo Sant'Anna disse:

    Não sei o que dizer, só sentir … <3 ASUAHSUAHSUHASUHASUHAS

  • Julia Zanferrari disse:

    LEONARDO LUZ, POR QUÊ? ME DIGA! POR QUÊ SEMPRE TÃO MARAVILHOSOS? Suuuuper amei! como todos, pra variar.

  • Leticcia Silva disse:

    Vou te levar pra casa, Leo!!

  • Manuela Silveira disse:

    Supimpa

  • Thais Allana disse:

    Tava pensando no que comentar.
    Nao pensei em nada legal.
    Mas to aqui hahahaha

    Texto sensacional … inspirador! (acho que isso foi algo legal)

  • Frederico Stewers Elboni Frederico Stewers Elboni disse:

    Sempre Léo ;)

  • Aline Lamberti disse:

    Que maravilhada! :)

  • Evellyn Mitchell disse:

    Estava pensando no meu amor não realizado hoje …
    Parabéns, Léo. Texto maravilhoso ❤

  • Tayná Silva disse:

    Aquela dorzinha básica… hahah <3

  • Laís Aguiar disse:

    Citou Vicky, Cristina, Barcelona: ai meu coração <3

  • Natallia Moser disse:

    Resumiu minha vida em um texto! A gente tenta esquecer e viver sem esse amor, e até consegue, mas sempre tem um momento em que vem aquela saudade da pessoa. Fico pensando se um dia vai acontecer de ficarmos juntos, mas por enquanto vou levando assim!!

  • Isadora Schmidt disse:

    Eu não queria lembrar DAQUELA PESSOA mas ok, eu te perdôo. Ótimo texto.

  • Aí Leo que me rouba suspiros adolescentes ;)

  • Larissa Simonassi disse:

    Puts’ que texto bonito ! Te trás uma coragem, te joga pra frente. Quase um “vai lá e faz”, só que mais poético, mais inspirador. Adorei, lindo <3'

  • Letícia Oliveira disse:

    Léo vc tinha que escrever esse texto agora? Ai ❤
    Texto incrível!

  • Fernanda Baía disse:

    Espetacular!

    “(..) Estamos falando de amores que
    atravessam anos, eras glaciais, namoros, casamentos, planos econômicos. (…) um amor desses merece ser vivido. Merece ser realizado.” É aquele amor que lhe enche os olhos de
    água, só de pensar na possibilidade.

  • Elias Rebelo disse:

    Logo no título o meu amor não realizado se remexeu. O nome veio, o jeito de sorrir, a voz… É, acho que estou tendo uma recaída. Texto incrível, Leo.

  • Hugo Nunes disse:

    Lendo esse texto e na cabeça foi passando um slide com umas fotos :(

  • Dayana Peixoto disse:

    Obrigada Leo, deu nome ao que existe dentro de mim!

    Ele foi pra outro Estado, nosso namoro não demorou muito pra acabar… tudo bem, já sabíamos desde o início que ele iria embora, decidimos ficar juntos assim mesmo e curtir os seus últimos 5 meses no RJ. Acontece que foram os melhores 5 meses das nossas vidas, e nos apaixonamos, era amor não tenho dúvida.
    Eu fui com ele para São Luís, decidimos que seria assim nossa despedida, ele queria que eu conhecesse a família dele. Fomos de carro, 4 dias de aventura, passamos o natal juntos, a família me abraçou de uma forma indescritivel. Foi perfeito, intenso e doloroso…. A despedida foi um chororô só, voltei pro RJ despedaçada. Em seguida, ele foi pra Belém e mesmo distante tentamos, mas não deu certo.
    Hoje, ele está noivo e será pai em alguns meses… Desde que ele conheceu essa menina, ele decidiu me excluir das redes sociais pra que eu não sofresse, me disse isso através do whats.

    Eu vivo sonhando com ele, vira e mexe lembro dos nossos momentos. Quando vou em lugar que ja estive com ele, passa um filme e da um nó na garganta.
    Me relacionei com duas pessoas depois disto, mas não foi nenhuma relação que me fez superar … é eu tenho um amor não resolvido. Talvez, nem realize…. mas estou bem e me sinto livre pra viver outra relação. Ele será sempre a melhor parte da minha história, gosto de saber que está bem e feliz, mesmo não sendo ao meu lado.
    É amor e nunca vai deixar de ser.
    Foi lindo!

    • Talita De Sá disse:

      Sabe querida. A melhor parte do amor. É o viver. Dando certo é melhor sonda. Mas se não der. Ele existiu. 100% vocês foram. Talvez não fosse para a dimensão do agora que ele continuasse. Mas se concretizou nesses 5 meses. Feliz de vocês por ter o que lembrar e sentir que algo em vida valeu a pena. Agora. Seu caminho é a diante.

    • David Garcia disse:

      Apesar do desfecho é lindo ver, o reconhecimento do amor em sua historia, por mais que
      voce nao esteja com ele, saber que verdadeiramente si amaram me faz pensar e refletir sobre como o amor é lindo e independente de qual quer coisa perfeito :)

  • Gabrielle Rosa disse:

    Que atire a primeira pedra quem não tem um amor não realizado rsrs. Ótimo texto!!

  • Mariana Nunes disse:

    E ele se mudou pra Iguaba ❤

  • Talita De Sá disse:

    Vivo essa história há cinco anos. A vida nos fez se afastar. Nunca conseguimos dizer ‘eu, volta aqui quero você’. Só em olhares. Poemas. Ciúmes. O que já era muito em meio a tantas tempestades. Ele namorou. Eu namorei. O tempo passou. Nos reencontramos. Achei que ia. E acho que ele também. Mas algo. Nele ou na minha mania de mostrar-se Amiga de boa. Sei lá. Tudo desandou. Hoje ele namora. E vai embora. Quando nos vemos so eu sei. Só ele sabe. O corpo fala. Eu queria que ele não fosse. Queria saber se é real ou ilusão. Queria viver. Sentir nem que fosse ppra dar errado. Viver.

  • Nadhia Dantas disse:

    Cara, eu tenho um amor desses! Sempre disse para os outros: paixão correspondida, amor impossível, mas agora encontrei a melhor definição: Amor não realizado, dá a sensação de algo mais leve :)

  • Jaqueline Santos disse:

    “um está solteiro e o outro casou” chegou doer… Liiiindo texto Léo!!

  • Camila Leonel disse:

    Só faltou dizer que a gente revive esses amores quando lê textos lindos como o seu, onde cada vírgula nos transporta para situações, sorrisos e palavras. Amei!

  • Lidiane Rocha disse:

    Léo… Não sei o que dizer… Acho que nem preciso dizer nada!!!! Vc disse tudo!!! FODA como sempre!!!!! ❤❤❤

  • Como sempre… Texto pra pensar por um mês!
    Muuuuito bom!

  • Fabiana Santana disse:

    Parabéns, Léo. Sábias palavras. Sempre refleti sobre esses amores não realizados e paro na mesma questão: “Será que esses amores são tão relevantes porque nunca se concretizaram?”. Nunca vamos saber, mas minha intuição me leva a crer que nossos instintos primitivos reforçam esses sentimentos. É bacana não fazer charminho, ser sincero para o outro sobre o que sente, mas nada supera o jogo do caçador. De alguma maneira os amores não realizados se reconhecem, fica no ar uma empatia que pode ser fatiada. Mas, por alguma ironia do destino, uns se realizam, outros nunca.

  • Giovanna Cruz Assoni disse:

    Acho que eu nunca li um texto que me descrevesse tanto quanto esse. Até hoje achei que viver de amor não realizado era coisa da minha cabeça, e percebi que não.
    A maior frustração da minha vida é amar alguém que não lembra que eu existo (mesmo), é ainda me importar e ir dormir todos os dias pensando nele e no que estará fazendo. Obrigada pelo texto, e até pelas lágrimas que estão escorrendo pelo meu rosto nesse exato momento.
    E vou continuar torcendo pra esse amor se realizar. Quem sabe um dia ne?

    • Karina de Oliveira disse:

      Exatamente isso que pensei lendo o texto e exatamente o que acontece comigo…

    • Larissa Facco Carneiro disse:

      A graça da vida é essa, amar. Mesmo que seja amores não realizados. Afinal, quem não tem um? Mas não se deixe levar pelas lágrimas, uma hora elas secam(e secam mesmo), e você vai encontrar alguém, não que substitua esse amor que hj você tem, mas sim, que te faça ver, que essa pessoa que nem lembra da sua existência, não pode ser merecedor desse amor todo que guardas ai dentro de ti. ;)

      Acessa meu blog e veja os textos que falo sobre os amores e desamores da vida: larissafacco.wix.com/umapluma

      Espero que tenha te ajudado :)

  • Joyce Fucci (Choy) disse:

    Sobre no meio do texto, antes de ler o nome do autor, pensar: isso tem a cara do Léo. HAHAHA Você sempre escreve e me descreve lindamente Léo Luz!

  • Breno Maniezo disse:

    O problema é quando um amor não realizado é só seu e não da outra pessoa

  • Daniele Monteiro disse:

    Nossaaa Leooo! Vc arrasou! Foi um tapa na minha face! Rsrsrs
    Até quando deixarei de realizar as oportunidades de hoje, pelo fantasma do “e se?” de ontem?
    Ótimo texto para que eu comece o dia…
    Bjo grande!

  • Ana Paula Vaz disse:

    ….fiquei sem palavras..
    Parabéns, perfeito ;)

  • Tiago Torresani disse:

    OS textos do léo sempre me descrevem. Devo ter m blog relatando minha vida por aí e estás copiando, só pode ser.

  • Thais Carlos disse:

    Se tem uma sensação do melhor do mundo sem dúvidas é encontrar as palavras certas na situação que você tá vivendo e ler um texto desse tirar todo nó na garganta, deixar algumas lagrimas rolaram,dá aquele suspiro de alivio de ver que você não está só nesse barco de amores não realizados Léo obrigada tô mais leve hahaha texto incrivel!

  • Thais Carlos disse:

    Se tem uma sensação melhor do mundo é quando você encontra a palavra certa pra situação que você tá vivendo, ler um texto desse traz aquele suspiro de alivio,tira nó na garganta, aquela dor no peito,até acontece de deixar rolar algumas lagrimas,mas é tão bom saber que você não tá sozinho nesse barco de amores não realizados,que tem alguém no mundo que sabe e descreve exatamente como você se sente.

  • Isabella De Souza Silva disse:

    Fazia alguns meses que eu não chorava :(

  • Isabella De Souza Silva disse:

    Já posso mandar o moço ler?

  • Isabella De Souza Silva disse:

    Caramba, vou ali me enterrar. #adeus (Eu ainda abri o post do James Bay e li ouvindo uma musica super fofura. AAAAAARRRR. Odeio vcs)

  • Heloisa Carlesso Kampa disse:

    Léo tocou numa ferida…rsrs acredito de todos! todos os anos no mesmo dia no mesmo mês lembro dessa criatura. Hoje em dia nao sei como ele está, o que faz, se tem filhos (espero que nao), se ta casado (espero que nao) rsrsrs Só espero uma coisa um dia por um acaso da vida tromba com ele de novo!!! Lembranças vai e vão… porem nunca somem, esperando ser realizado!!! rsrr mais claro nao deixando de viver!!! conhecer pessoas momentos felizes nunca vou dar o desfrute de passar!!

  • Rayana Lourenço disse:

    Afinal, a única maneira de ser livrar de um amor não realizado é realizando. <3

  • Ornela Jacobino disse:

    “Why not? Life is short. Life is dull. Life is full of pain. And this is a chance for something special.” daí veio o famoso “se joga”?! Gente esses autores mandam muito, é mto coração em forma de texto!

  • sophia disse:

    Maravilhoso o texto! Conseguiu por em palavras um dos sentimentos mais persistentes que existe, parabéns!

  • Bruna disse:

    Você transformou em palavras o que eu estava sentindo aqui dentro.
    Estava escutando uma música e pensando no tal amor não realizado, e pra distrair abri a página e me deparo com este belíssimo texto. Obrigada pelas palavras e pelas lágrimas que fez cair, eu precisava disso…
    Parabéns!

  • Marta Llancafilo disse:

    Ok, não vou mentir, tive um amor não realizado por quase 7 anos. “O amor não realizado real, puro, ele adormece quando uma outra paixão se realiza” e foi assim, e também foi só abrir uma brechinha para este amor que ele tomou de conta completamente.
    Em meio a todas as impossibilidades dos momentos que ambos viviam, pensamos em um plano infalível de quem sabe dar uma chance a esse amor uns 50 anos pra frente, depois esse tempo baixou pra 30 anos, e quando vimos não conseguíamos levar adiante essas ideias.

    Hoje o amor não realizado vem se realizado a cada dia já há alguns anos (meio que estamos no embalo de um outro texto teu ‘Vivendo depois do final feliz’), com a intensidade de quem pensou nunca ser possível.
    Concordo contigo, todos esses amores merecem ser realizados! Ou pra sempre, ou não… :)

  • Bruna disse:

    Chega a ser engraçado e até mesmo irônico eu ler um texto com esse tema justo na semana em que deixei meu amor não realizado tomar conta dos meus pensamentos.

  • Eduarda Tavarez disse:

    Pior do que um amor não realizado é uma história de amor interrompida por algum fato, fica aquela sensação chata de quando você perde um livro perfeito sem ter terminado de ler o final da história e não acha esse livro em nenhuma outra livraria.

  • Viviane Mousinho de Medeiros disse:

    Esses escritores resolveram acabar com a alma dos (as) leitoras (es), caramba. Não sei se conseguirei passar o dia sem chorar. Belo texto, inclusive pela frase do final.

  • Sabrina Rocha disse:

    Se deixarmos esse amor passar, convivemos com que há de mais exaustivo e deprimente : Arrependimento…

  • Iara Gonçalves disse:

    As vezes a gente simplesmente é obrigado a seguir em frente com a certeza de que esse amor nunca vai se realizar.

  • Fernanda Aime disse:

    Justo naquele momento que achei que tinha superado meu amor não realizado me aparece esse texto pra escancarar tudo o que eu estava sentindo e não tinha coragem de dizer. Amei o texto, me descreveu…

  • Milena Christine Freitas disse:

    Léo , mas quanto ao outro , como faz ? Quando um não quer … logo dois não se amam .
    Li o texto com um aperto no coração e lágrimas nos olhos , depois me calei por horas … Não só AMORES NÃO REALIZADOS , mas qualquer coisa em nossa vida que queremos e buscamos e acabamos sem realizar trás um sentimento ruim e que pesa muito , que é a frustração … Eu nunca senti nenhum amor assim , como eu sinto por ele , mas também nunca senti tanto com o fato de não ser recíproco . Pela primeira vez em minha vida eu quis viver um amor sem medo , ele me fez curar um trauma que era abrir meu coração novamente e me DEIXAR viver e apaixonar sem medo , a gente é tão diferente e ao mesmo tempo tão igual … idéias , gosto musical , conceitos , pensamentos … Eu só queria que ele gostasse de mim não só como amiga , mas como a mulher pra vida dele … eu o amo muito , não queria que ele me amasse de uma hora pra outra , pois o amor se constrói com o tempo , eu só queria passar o tempo junto com ele construindo o amor dele por mim , e juntos os nossos amores se tornarem apenas O NOSSO AMOR . Sinto muito , mas … faz parte da vida ! . MUITO OBRIGADA Léo Luz !!!!!! Bateu uma vontade até de marcar o ” Bendito ” rs.

  • Morgana Colombo disse:

    Baita texto Léo. Tu é de mais!!!! <3

  • GeiseLayne Soares disse:

    Fale mais da minha vida que eu deixo.

  • Angelica disse:

    Mas q leitura gostosa..estou c um desses amores não realizados n vida..doida p um outro adormeça esse sentimento ingrato

  • Hélida Fernandes disse:

    Esse texto é uma facada que me lembra o quão covarde eu sou.

  • Marcele Santos disse:

    Meu amor não realizado durou 12 anos. Um dia nos reencontramos e realizamos todo aquele amor em uma noite. É especial, É para sempre. É nosso.
    E sabemos bem: não daríamos certo juntos por muito tempo.
    O que nos encanta, o que nos atrai, é também o que nos afasta: nossos mundos tão diferentes, nossos momentos. Para um, intenso. Para dois, calmo demais.
    Assim vivemos, sobrevivemos e seguimos nosso amor enfim realizado.

  • Yla Braun disse:

    Texto perfeito no momento perfeito da minha vida,estou passando por isso,um amor nao realizado do passado voltou e esta me deixando perplexa,pois sou casada e loucamente apaixonada por meu esposo,mas o amor é algo muito forte e esta me deixando com medo de largar tudo e lutar por ele,pois nao sei se ele me ama como eu o amo. E agora coração o que eu faço?