Esta foto é sua?

Pare de ler essas mensagens

Chega de chorar. Agora já acabou. Pode parar. Já chorou tanto. E tantas vezes. Já pediu tanto para passar. Já ouviu tantas músicas. Já ficou em casa tantos dias e noites, muitos deles só de pijama e sem vontade de comer. Veja só como já foi pior, deixa passar, devagarzinho vai continuar passando. E vai ser da mesma forma que chegou: assim meio sem querer e sem atalho. Larga esse celular. Para de seguir nas redes sociais. Visitar o perfil então, nem pensar. Chega de chorar. Chega, deixa para lá.

Veste sua melhor roupa para sair, não para enxugar o choro. Olha como a sua vida está passando e você continua vivendo o que já foi vivido – ainda? Esquece isso um pouco, mas se não conseguir, pelo menos para de pensar. Mas se não conseguir, pensa em outra coisa; de preferência alguma boa. Deixa passar.

Chega. Já passou da hora de parar de chorar. Vai ficar quanto tempo mais pensando como se pudesse voltar? Não é só de dor que a vida é feita. Lembra daqueles dias bons que você não queria que acabassem? Eu sei que a gente teima em não lembrar das coisas boas quando vivemos as ruins, mas outra saída ainda não foi inventada pelo homem – e o coração não respeita comandos de voz.

Seus amigos sentem a sua falta e você nem percebeu. As boas notícias do mundo lá fora você não conheceu, as estreias do cinema, os shows na sua cidade, muita coisa você não viveu enquanto ficava aí pensando como se pensar mudasse.

Chega de chorar. E não é por ninguém não, viu? Não é sobre aquele alguém não merecer seu choro, é sobre você merecer muito mais que isso. É sobre você lembrar que a casa do sorriso é no seu rosto.

Você fez o certo: se respeitou e deixou viver devagar. Não era uma pessoa pronta para viver como se nada tivesse acontecido. Foi preciso sofrer cada minuto. Foi preciso ler o horóscopo para procurar respostas. Foi preciso colocar as músicas tristes para repetir. Você fez o certo quando os dias estavam errados. Mas agora chega.

As coisas não vão mudar se você não quiser que mudem. A vida não vai te ajudar se você não deixar que te ajude. Eu queria te falar uma outra palavra bonita, mas só quero te pedir para parar de chorar, pois isso é tudo o que precisa agora. Não é para pensar na vida daquela outra pessoa, é para pensar na sua. É parar entrar na porta que a vida abriu ao fechar a outra. É para se conhecer melhor e levantar para pagar as suas contas que não te esperaram melhorar.

Talvez você não esteja tão bem assim ainda. Lembro de mim no seu lugar. Levou muito tempo para o tempo levar meu sofrimento. Mas ele levou e hoje eu lembro mais ou menos do que passou.

Chega de chorar, vai. Você vai se irritar se eu disser que “a vida é assim mesmo”? Vai esbravejar se eu te lembrar que não foi a primeira vez? É que, no fundo, você sabe como tudo isso é verdade. Nos clichês você pode confiar. Se não souber como começar, comece parando de ler essas mensagens no celular.

Comentários