Esta foto é sua?

Quiz Especial – Dia dos Namorados

Tem gente que ama. Tem gente que odeia. Tem gente que tem aversão, tem gente que tem paixão. Tem gente que acha um absurdo capitalista. Tem gente que acha romântico. Tem gente que se empenha, faz decoração, encomenda cesta de café da manhã, contrata a Esquadrilha da Fumaça pra desenhar coração no céu e caminhão com auto-falante para recitar poesias para um certo alguém. Tem gente que esquece a data e improvisa um ursinho de pelúcia comprado na lojinha de conveniência do posto de gasolina na saída do escritório. Tem gente que compra presente para si mesmo porque não está a a fim de presentear ninguém. Tem gente que se afoga num pote de sorvete assistindo “Diário de Uma Paixão” suplicando ao universo “por que Meu Deus o Ryan Gosling escolheu a Eva Mendes e não eu?”. Tem gente que dança até o chão na festa dos solteiros. Tem gente que faz promessa pra Santo Antônio (tem aquela de virar o santo de cabeça pra baixo, lembra?). Tem gente que está solteiro e vai muito bem obrigada.

Seja como for, o dia 12 de junho vai passar na vida de toda essa gente. E na minha. E na sua também. Então pra brincar um pouco aqui no EOH a gente resolveu fazer um Quiz bem descontraído pra tentar (de brincadeira, de leve!) desvendar tudo que acontece com os casais no Dia dos Namorados.

1 – RELACIONAMENTO

Tem os casados, os noivos, os namorados há 20 anos, os namorados há 20 dias, os namorados à distância, os que ainda não são namorados oficialmente, os amigos coloridos, os ficantes, os que acabaram de se conhecer, os que acabaram de terminar e ainda se amam, os que estão enrolados, os que estão sendo enrolados por alguém. E tem também uma galera que não faz ideia de qual é o status do seu relacionamento (afinal, é complicado demais).

E aí, o que significa o Dia dos Namorados pra cada um?

Quem já passou um zilhão de datas comemorativas juntos ainda precisa fazer surpresa e mega produção para agradar ao outro? Quem acabou de se conhecer pode comemorar? Será que vale dar um toque pro carinha que o dia 12 está chegando e é bacana oficializar a coisa?

Conta aí galera do EOH! O que fazer nestas situações mais complicadas?

diadosnamo22

1.1 – Os dois se conhecem há pouco tempo, estão saindo, se curtindo, se conhecendo, mas é recente

 

Léo Luz

Depende. Se um dos dois ou os dois querem algo mais sério, vale a pena tentar um programa a dois. Se um dos dois não quer, poupe o outro do trabalho de ter que inventar uma desculpa e ter que matar uma avó pela quinta vez.

Priscila Nicolielo

Curtam, sem pressão

Nathalí Macedo

Chama pra sair ou fazer alguma coisa, como quem não quer nada. Se aceitar, aproveite. Se recusar, sinto muito, mas nessa firma você pode ter um(a) sócio(a).

Frederico Elboni

Pensem menos, façam mais. Se convidem para sair, bebam o que der na telha, beijem como se o amanhã nem existisse. Nessa altura da relação o gostoso é se apaixonar pelo momento com a pessoa, indiferente da semântica da relação.

Luiza Garmendia

Dê tempo ao tempo. Se vocês forem ficar juntos ainda vão ter outros dias dos namorados pela frente.

Eduardo Benesi

Acho que não vale a pena atropelar o que está legal. Deixa assim. Forçar um degrau de nominação por causa de um calendário pode ser meio forçado, over.

Eduarda Costa

Esse ano o Dia dos Namorados cai numa sexta. Isso facilita muita coisa. Vocês provavelmente vão sair de qualquer forma sem passar pelo constrangimento de tocar nesse assunto antes da hora. Só sugiro evitar restaurantes românticos, motéis e cinemas badalados porque olha, ninguém merece as filas do dia 12.

Márcio Rodrigues

Não faça de um dia dos namorados o dia do casamento; mas faça qualquer coisa que ocupe a noite dos dois. Sem cobrança, com carinho.

Continuem nessa vibe. Ás vezes, o simples curtir desencadeia os melhores momentos

Bruna Grotti

Se vier com presentinho, foge. A chance de ter o presente em uma mão e a faca na outra é absurdamente grande. Coisa de maníaco, deusolivre.

Ricardo Coiro

Topa uma cerveja bem gelada e à luz de velas?” deve servir.

Marina Melz

Não compre presente. Mas, se a intenção é continuar e sabendo que Dia dos Namorados é aquele que deixa na fossa quem está sozinho, vale convidar para fazer alguma coisa.

diadosnamo2

1.2 – Os dois estão saindo há bastante tempo, ninguém falou em namorar ainda, por isso eles não sabem se rola dar presente de Dia dos Namorados ou se isso vai assustar a outra pessoa

 

Léo Luz

Novamente, depende. Se um dos dois ou os dois estão no clima de namorar, aproveitem e acabem com essa enrolação. Se um dos dois ou os dois não quiserem namorar, pelo menos aproveitem as promoções de Motel mais barato no Dia dos Namorados.

Priscila Nicolielo

Desencana de presente, só dá quando for oficial, né?

Nathalí Macedo

Na dúvida, não compre presente. Você economiza uma grana e talvez o papel de palhaço (se a outra pessoa não tiver tido a mesma ideia).

Frederico Elboni

Beijos e companhia são os melhores presentes. O resto a gente pensa amanhã no café da manhã…

Luiza Garmendia

Compre um presente “reserva” (alguma coisa que você curta também) só pra não parecer insensível se a outra pessoa te presentear. Se não rolar, aí você aproveita o presente.

Eduardo Benesi

Nunca se responsabilize pelo que o outro pensa. Ta com vontade, se joga!

Eduarda Costa

Se for possível abordar o assunto antes para evitar torta de climão, acho válido. Se não, é sempre bom ter um presentinho na manga. Compre numa loja unissex. Qualquer coisa você troca no dia 13. O presente.

Márcio Rodrigues

Se não quiser dar presente, dê uma experiência. Um sorvete caminhando por aí pode ser mais fofo que um carro 0km.

Isso depende muito se isso é um lance só de vocês, ou um lance que amigos e pessoas próximas já sabem. Dependendo de um desses fatores, é um lance quase oficial ou simplesmente um lance, saca.

Bruna Grotti

Vai assustar, certeza. Capricha no presente da mamãe em maio pra não sobrar dinheiro no mês seguinte. Assim, por mais que você tenha vontade de dar presente, estará impossibilitado(a) financeiramente.

Ricardo Coiro

Na dúvida, melhor não dar nada. Se bem que… é, acho que um bilhete divertido sempre cai bem.

Marina Melz

Como diz o Xico Sá, amor não se economiza. Deixa de lado essa preocupação em assustar e mande flores (não importa se pra ele ou pra ela) com um cartão simples – do tipo com um desenho de um coração e a assinatura.

diadosnamo3

1.3 – Os dois terminaram há algum tempo, mas ainda se encontram de vez em quando para ficar

 

Léo Luz

O dia é dos NAMORADOS, não dos EX-NAMORADOS. Ponto.

Priscila Nicolielo

Pra mim tudo bem passar o dia 12 de junho com o ex se você ainda fala com ele e é recente

Nathalí Macedo

Aproveita o dia dos namorados e resolve isso: Deixe que a pessoa entre ou saia da sua vida, mas ficar na porta empatando a passagem é sacanagem.

Frederico Elboni

Estava no fluxo… 

Luiza Garmendia

Cuidado! Um encontro numa data especial pode ter um significado a mais e você pode acabar chateado(a) ou machucando alguém.

Eduarda Costa

Minuto de sabedoria do dia: o passado é realmente lindo e faz muito sentido. Lá no passado.

Márcio Rodrigues

Chame no whatsapp as 8hs dizendo: “hoje tem! bjs”

Relaxa, é saudade do sexo. Afinal, tem horas que o corpo fala, né.

Bruna Grotti

Troca o disco. Essa faixa de pegar ex-namorado é muito last season.

Ricardo Coiro

Sugiro que aproveitem a data para decidirem o futuro. Mas só depois do sexo, claro.

Marina Melz

Sexta-feira é muito mais do que dia dos namorados. É dia de ser feliz – que é muito mais importante do que ter ou não com quem passar esse dia. Então não vale ficar em casa chorando. Chame ele(a) pra sair e curta.

diadosnamo4jpg

1.4 – Os dois terminaram, mas alguém quer voltar

 

Léo Luz

É uma manobra arriscada tentar uma surpresa ou um convite no dia dos namorados. Se der certo, a história será contada ad infinitum aos netinhos. Se der errado, o suicídio com remédios é mais limpo. Armas ou se jogar de lugares altos dá trabalho pra quem for limpar a sujeira depois.

Priscila Nicolielo

Se é um só lado, segura e sai com os amigos

Nathalí Macedo

Sonde se o outro quer voltar ou não. Se quiser, aproveite a data e faça uma cena bem linda de reconciliação, tipo comédia romântica barata. Se não quiser, compre um pote de sorvete, baixe uma série e boa sorte.

Frederico Elboni

Já nem lembro seu nome, seu telefone eu fiz questão de apagar. Aceitei os meus erros, me reinventei e virei a página. Agora eu tô em outra… Tô nem aí! Foi a Luka que disse, e eu concordo com ela, to nem aí.

Luiza Garmendia

Acabou, está acabado. Melhor não se ver mais.

Eduardo Benesi

Se apenas um quer voltar, eu acho que nem tem rolar o encontro. Quando apenas um quer, essa vontade acaba servindo apenas pra massagear o ego de quem não quer, ou quer, mas não quer algo sério novamente. Já vi esse filme um milhão de vezes.

Eduarda Costa

“Quando um não quer, dois não brigam”, já diria minha avó. Se só um quer voltar, sugiro que compre pipoca e leite moça e curta uma maratona de Netflix no dia 12 repetindo o mantra “Não devo perturbar quem não me quer” nos intervalos entre séries a cada 45 minutos.

Márcio Rodrigues

Se a pessoa sabe que você quer voltar, só fale com ela no dia 13.

Bruna Grotti

NÃO ESTOU DISPOSTA. COM LICENÇA.

Ricardo Coiro

Se só um quer voltar, melhor não enchê-lo de esperanças, portanto, cada um num canto.

Marina Melz

Perigoso usar o dia dos namorados pra isso. Vale tentar uma reaproximação pra um papo, claro. Mas é bom ter certeza que o outro não tem outra pessoa. Se tiver, o negócio é procurar uma das 456 mil festas para solteiros. Repito: só não vale ficar em casa chorando.

dia dos namos

1.5 – Os dois são amigos coloridos, mas um dos dois está querendo “algo a mais”

 

Léo Luz

Tente perceber a intenção do outro. Se perceber abertura, vá fundo. Se não perceber, bom, ainda tem a promoção de motel mais barato.

Priscila Nicolielo

Está bem claro que não são namorados, então nem precisa pensar no assunto

Nathalí Macedo

Se o outro é que quiser algo a mais, decida-se e jogue limpo. Se este alguém for você, meus sentimentos.

Frederico Elboni

Nada que a verdade e um pouco de coragem não resolvam.

Luiza Garmendia

Numa dessas vale fazer uma pré-investigação pra saber se está todo mundo jogando limpo antes de tomar uma decisão né. Tudo tem que ser conversado.

Eduardo Benesi

Acho que vale aproveitar a data para um test-drive de namoro. Dependendo do senso de humor do casal, da pra namorar por um dia, ver como é, e terminar (ou prorrogar o contrato) depois das comemorações.

Eduarda Costa

Ninguém adivinha nada. Se quer algo a mais, seja lá o que for, é sempre bom avisar. Sempre.

Márcio Rodrigues

No meio do dia chame no chat e manda um: “ow, cê sabe que dia é hoje né?” João sem braço é a melhor pessoa desse mundo.

Papo-reto, joguem limpo e garanto que ninguém sairá machucado daí. Ou melhor, poderão celebrar algo sólido e consciente

Bruna Grotti

Se quer algo a mais, fale. Eu até tenho uma bola aqui em casa. Mas ela é de capotão, não de cristal.

Marina Melz

Eu não acho legal juntar datas comemorativas. Se for pra começar a namorar, escolha outro dia. Mas vale testar se o outro está a fim, se vai gostar de passar o dia dos namorados junto. Ao invés de um programa público – restaurante, cinema, passeio de mãos dadas – que tal algo em casa?

2 – LUGARES

Me digas com quem andas e te direi quem és. No nosso caso aqui no EOH o ditado vira “me digas onde você vai me levar para sair que te direi se vai rolar alguma coisa entre nós ou não”. É brincadeira, mas tem um fundo de verdade. Desculpa, não dá pra ser hipócrita e negar que sim a gente “julga” as intenções do pretendente conforme o tipo de programa a dois escolhido, afinal, isso tem um certo significado embutido. Sabe aquela história dos caras que só jantam com a amante em restaurante vazio pra se esconder? E o lance do levou pra tomar sorvete de tarde é amizade? Ou levou pro cinema quer pegar?

Então diz aí gurizada, isso é real? O que significa se o/a namorado(a) leva você para um encontro em um desses lugares no Dia dos Namorados?

fastfood

2.1 – Restaurante Fast-Food

 

Léo Luz

Só se você tiver menos de 15 anos ou for o dono da rede de fast-food e estive querendo impressionar.

Priscila Nicolielo

PLMRDDS! Só se for na volta da bebedeira do dia dos namorados.

Nathalí Macedo

Ele(a) precisa crescer. Leve na esportiva pra não estragar a data, mas depois vale a pena convidar para programas mais adultos.

Frederico Elboni

Pelo que parece não será somente o “food” que será “fast”.

Luiza Garmendia

Socorro, sinal claro de que este é o último Dia dos Namorados de vocês.

Eduardo Benesi

Eu não ligo, desde que o after seja bacana e prolongado.

Eduarda Costa

Teria sido melhor ir ver o filme do Pelé.

Márcio Rodrigues

Nossa Senhora do Vale-Refeição, aí não.

Gosto da diversão. Sério.

Bruna Grotti

Se for voltando da balada ou depois de vocês acordarem juntos, é amor pra vida inteira. Ouçam a voz da sabedoria: o melhor indicativo de que um lance tá começando a virar romance é quando a balada da noite anterior termina em almoço casual. E aí, qual o problema de ser no fast-food?

Marina Melz

Se os dois gostam, não vejo problema. Até porque esses são lugares onde provavelmente não vai ter tanta fila!

boteco

2.2 – Boteco onde passa jogo de futebol

 

Léo Luz

Boa, pra ela já aprender que você a ama, mas que seu time chegou primeiro ao seu coração. E se você é mulher e pretende levar seu namorado a um boteco onde passa futebol, deixe seu telefone nos comentários deste texto.

Priscila Nicolielo

Com jogo ainda? Nem fudendo.

Nathalí Macedo

Ele(a) é meio sem noção. Caia fora enquanto é tempo, amiga(o).

Frederico Elboni

Amo futebol, mas prefiro beijos sinceros. Então…

Luiza Garmendia

Só é aceitável se vocês se conheceram nesse lugar

Eduardo Benesi

Sacanagem.

Eduarda Costa

Copa, Libertadores ou final da Champions são perdoáveis. Uma porção de pastel e um chope, por favor.

Márcio Rodrigues

Vá a um pub onde passa jogo de futebol americano. Chame de boteco gourmet.

Vá, qualquer coisa beba e sorria dando uma de comentarista (mesmo sem ter ideia do que está falando e sem medo de parecer ridículo)

Bruna Grotti

Amor verdadeiro. Principalmente se, nos horários extrajogo, essa TV virar um Raff Eletronics pra você arrasar no Evidências <3

Ricardo Coiro

Só faz sentindo quando os dois são loucos por futebol

Marina Melz

Não vejo problemas se for só os dois. Mas se chegar lá e tiver o time completo das segundas-feiras é porque um dos dois não está muito a fim de ficar sozinho com o outro.

balada

2.3 – Balada sertaneja (ou eletrônica, ou qualquer outro som)

 

Léo Luz

Só se você tiver menos de 20 anos ou for o dono da boate. E mesmo se for o dono, fique no camarote.

Priscila Nicolielo

Não.

Nathalí Macedo

A pessoa te enxerga – além de como parceiro – como companheiro de diversão. E tem como isso ser ruim, produção?

Frederico Elboni

Ah, mas tem que ter um jantar antes. Sou à moda antiga. Mas, convenhamos, se for para jantar e depois ir à balada, bem melhor jantar e depois fazer um belo sexo de dar inveja aos vizinhos.

Luiza Garmendia

Se for depois de um jantar romântico é sinal de que vocês ainda se divertem juntos. Fofo.

Eduardo Benesi

Nem pensar.

Eduarda Costa

Não vai dar. Preciso organizar minhas calcinhas por cor hoje. E tirar cutícula. E lixar o pé.

Márcio Rodrigues

Só se ele chamar Gustavo pra você cantar ‘Gustavo Lima e você’ – imagina que louco? Porém pode parecer que está oferecendo o cara pra outra pessoa. Bem, melhor não.

Cara, sexo, pura e exclusivamente isso.

Bruna Grotti

Sertaneja ou eletrônica: hoje não, Faro. Qualquer outro som: hoje sim. Dançar até o chão com o boy é a melhor coisa do mundo Emoticon heart

Ricardo Coiro

Para mim, é estranho pra caralho. Mas, para um casal que ama esse tipo de programa, deve fazer sentido.

Marina Melz

Vai do gosto de cada um. Eu acho que dia dos namorados é a data para se dedicar ao outro e isso pressupõe conversa. Mas, se eles se conheceram nessa situação e a ideia é um revival do início, pode ser legal.

cienam1
2.4 – Cinema + restaurante casual

 

Léo Luz

Boa opção para casais que não têm muito dinheiro pra gastar, ou pro caso de um dos dois for um pão duro desgraçado.

Priscila Nicolielo

Gosto

Nathalí Macedo

Eu diria que é o tipo de programa feito só para não passar em branco, mas eu não quero ser maldosa na resposta. Rs.

Frederico Elboni

Se ela topar pedir uma pipoca grande, meio doce e meio salgada, ali será o nosso altar.

Luiza Garmendia

Meio cotidiano, mas dependendo do filme está valendo

Eduardo Benesi

Legal, mas o filme tem que ser bem escolhido. Leia bem as críticas e a sinopse antes, pra num cair em armadilha estilo “Namorados para sempre”.

Eduarda Costa

Acho lindo e romântico desde que o cinema não seja 3D. Sabe como é: ninguém fica essa Coca-Cola toda usando óculos de lentes bicolores.

Márcio Rodrigues

Poltronas laterais!!!1111onze!!!!!11

Curte a companhia, o momento, entende que aí pode estar um momento recheado de trocas significativas.

Bruna Grotti

Isso eu faço sozinha.

Ricardo Coiro

Acho sensacional.

Marina Melz

Mais programa de namorado possível! Mas se você sonha com um romance e rola uma briga na porta porque o outro quer ver ficção científica, pode rolar um stress. O combinado com antecedência é sempre melhor.

namos1
2.5 – Jantarzinho a dois em casa

 

Léo Luz

Opção mais romântica, e que serve como disfarce pro caso de um dos dois estar sem dinheiro ou ser pão duro.

Priscila Nicolielo

Adoro

Nathalí Macedo

Ele(a) quer intimidade e, claro, sexo bom. Aproveita!

Frederico Elboni

Abajur de canto aceso, uma música que pede pernas nos ombros, um jantarzinho em clima de “hoje você não me escapa” e paredes, muitas paredes… MAS COMO ESTAMOS ENCALHADOS, BORA NETFLIX!

Luiza Garmendia

É fofo, mas quem lava a louça?

Eduardo Benesi

Da hora, a melhor das opções!

Eduarda Costa

Sim, aceito. Por todos os dias das nossas vidas. Até que a morte nos separe.

Márcio Rodrigues

Fofo. Mostre o app que baixou com receitas que não faz ideia de como executar. Ou coloque cereja em qualquer coisa. Tudo parece lindo e gourmet com cereja em cima

Negócio é sério, uma simples constatação ou ensaio de como seria dividir uma vida à dois.

Bruna Grotti

Forever and ever you’ll stay in my heart and I’ll love you, como já diria nossa amiga Aretha Franklin.

Ricardo Coiro

Sensacional ao quadrado, principalmente quando não pega fogo no apê.

Marina Melz

O que significa? Amor em forma de atitude. Se tiver vinho, receita favorita e sobremesa das boas (cof, cof…) melhor.

namoxxx
2.6 – Jantar à luz de velas naquele restaurante que custa mais que o aluguel do seu apartamento

 

Léo Luz

Até eu iria nesse jantar com você

Priscila Nicolielo

Amo/quero/sou/quando?

Nathalí Macedo

Ele(a) provavelmente quer te impressionar, e isso não é necessariamente ruim.

Frederico Elboni

Que apartamento?

Luiza Garmendia

Caso na hora.

Eduardo Benesi

Acho uma bobeira, existem outras maneiras de representar a importância sem ser pelo gasto.

Eduarda Costa

Em momentos de crise, prefiro a minha parte em TED. Seguem dados para depósito.

Márcio Rodrigues

Se o resto do mês for fast-food, meça seu romantismo parça.

Casa logo, sério. hahaha!

Bruna Grotti

Ele é rico. E chato. Vocês vão descer da SUV dele. Ele vai puxar a cadeira pra você sentar. E vai querer combinar de bater panela contigo no próximo discurso da Dilma na TV. Eu, hein.

Ricardo Coiro

Se você é escritor, não adianta nem querer. Então é melhor dizer algo como: “Muito clichê e sem criatividade!”.

Marina Melz

Pode ser uma declaração de amor incrível se você sonhava em conhecer aquele lugar. Mas pode ser uma ostentação besta – ó a inflação aí! – se for um lugar sem significado.

3 – PRESENTES

O que vale é a intenção. Não importa o valor do presente (ou pelo menos não deveria, se você está com alguém que se importa muito, cai fora amigo). Pode ser uma caixa de bombom, uma viagem para a Disney, um anel de prata, uma camiseta, uma fita cassete remixada. O que conta mesmo é perceber que existe alguém nesse mundo que dedicou seu tempo para buscar alguma coisa especial para mimar você, não é mesmo?

Só que as vezes a “categoria” do presente significa bem mais do que um simples “estive pensando em agradar você”. Tenho uma amiga que surtou porque ganhou um relógio chiquérrimo de um ficante. Segundo ela, isso significava que ele queria um relacionamento mais sério, mas ela queria mesmo era curtição. Se o cara tivesse comprado um livro ou um perfume ela teria aceitado numa boa.

Então, gurizada EOH, o que vocês pensam sobre isso? Ah e o que mais curtem ganhar de presente no Dia dos Namorados?

presente

Léo Luz

Presente é um assunto delicado. A não ser que eu ganhe um Porsche ou uma cobertura em Nova Iorque, eu não preciso de nada de material. Por isso, sempre prefiro presentes que tenham alguma utilidade ou representem algo, como livros, DVDs etc. Mas sempre tem a ótima opção de fazer um presente você mesmo. Sempre agrada. Eu nunca fiz isso porque nunca achei que minhas namoradas fossem gostar de ganhar um miojo de presente, que é a única coisa que eu sei fazer.

Priscila Nicolielo

Amo ganhar presente e gosto mais quando não faço a menor ideia do que vai ser. Não precisa ser caro, mas precisa vir no dia, sou bem tradicional. Gosto quando o presente não tem nada a ver com moda.

Nathalí Macedo

No quesito presente, verdadeiramente, o que vale é a intenção. Nunca curti presentes caríssimos e sem significado (mas eu sou pisciana-mística-romântica, então não conta, acho). Eu acho que presente bom é aquele que você vai poder olhar e lembrar da pessoa – algo que os dois possam curtir juntos ou que lembre algum momento do casal. Se você não for tão criativo, compre algo útil ou que o outro esteja querendo muito.

Frederico Elboni

Definitivamente eu não sei ganhar presentes, por mais fantástico que seja o presente eu sempre fico com aquela cara de batata-sorriso, não sabendo muito o que dizer… Então, por esse claro e importantíssimo motivo, prefiro dar presentes a receber. Mas no geral eu gosto de coisas bem simples, como por exemplo uma casa nas Bahamas.

Luiza Garmendia

Amo ganhar presente! Ainda mais quando é alguma coisa que eu não teria coragem de comprar. Não importa o preço desde que seja pensado com carinho. Ah, e amo ganhar viagem de presente, conta?

Eduardo Benesi

Primeiramente, acho que presente feito é mais legal do que comprado. Segundamente, acho que tem que ser uma referência direta a outra pessoa, principalmente se for algo que ela não imaginava que você soubesse que ela gosta, entende? Ser lembrado assim, passa a ideia de que somos exclusivos, únicos. Mas obviamente vale também algo comprado. Eu curto ganhar livro. É… Bem nerd! hahaha!

Eduarda Costa

Boa libriana que sou, eu não costumo esperar doze meses para agradar as pessoas que amo. Presentear deve ser um gesto genuíno e é bem chato quando só acontece em datas marcadas, por obrigação, para cumprir protocolo. Acho legal trocar presentes no Dia dos Namorados mas acho mais legal ainda presentear sempre que você encontra algo que reflete a alma de quem você ama, assim, sem data certa mesmo, só porque é a cara dele…

Márcio Rodrigues

Eu sou seu melhor presentAH CALA A BOCA NÉ BRASIL! Todo mundo pira em presente. Depende do seu caixa: se tiver cheio, ostente com carinho, se tiver vazio; economize com amor.

Presente, na minha opinião, é o resultado de uma série de coisas bacanas que foram contadas nos capítulos do cotidiano. Por ter uma vibe mais simples, curto coisas relacionadas à natureza ou com uma história bacana por trás do presente. Isso vai desde pulseiras daquele hippie que rodou o mundo, a livros, filmes ou CD’s que lembrem algum momento significativo.

Bruna Grotti

Gosto de ganhar presentes. Mas, no meu namoro atual, há dois acordos – que inicialmente eram tácitos e hoje são expressos: 1. Não há a menor necessidade de trocar presentes em datas comerciais, porque elas não representam absolutamente nada. Sem-querer-querendo quebrar a magia do dia dos namorados, no Brasil, ele foi jogado para junho na tentativa de fazer girar o mercado num mês normalmente morto para o comércio. Desculpa aê pela sinceridade. 2. É melhor que o presente seja uma experiência para ser aproveitada em casal. Gostoso ganhar um perfume? Gostoso. Delícia ganhar uma camiseta? Delícia. Mas melhor é uma viagenzinha a dois

Ricardo Coiro

Para mim, não há presente mais fodástico do que uma viagem. Pois é algo que ficará para sempre – ou até o Alzheimer – em minha memória. O resto geralmente perde a graça ou desgasta fácil.

Marina Melz

O melhor presente é aquele que se torna um momento inesquecível. Se puder ser um passeio ou uma viagem, será incrível. Se der pra fazer um jantar com a receita favorita do outro e um brinde com um bom vinho, será ótimo. Flores (tanto pra ele quanto pra ela) são sempre inesquecíveis. Não rolou grana pra nada disso? Uma carta, uma decoração especial no quarto do outro (pega aquele pisca-pisca de natal, umas fotos uma boa música e tá feito!) e voilà!

4 – A TRILHA SONORA

O Fred disse que “músicas são o cheiro da alma”. Talvez por isso ouvir música a dois é ainda melhor. Todo casal tem sua trilha sonora. Uma canção pra cada momento: pra viajar, pra cozinhar junto, pra não fazer nada junto, pra brigar, pra fazer as pazes, pra beijar, pra se abraçar, pra fazer mais do que só abraçar. E por aí vai.

Vamos conhecer o som que toca no radinho do povo aqui do EOH quando estão apaixonados?

Leonardo: The Beatles – Ain’t She Sweet

Priscila: Amy Winehouse – Back To Black

Nathalí: Céu – 10 Contados

Fred: Oasis – Stop Crying Your Heart Out

Luiza: Ed Sheeran – Thinking Out Loud

Eduardo: Apanhador Só – Bem-Me-Leve

Eduarda: Zeca Pagodinho – Seu Balancê

Márcio: Speak Low If You Speak Love “List Of Things”

Jonas: Perota Chingo – La Complicidad

Bruna: Michael Jackson – Human Nature

Ricardo: Eric Clapton – Wonderful Tonight

Marina: Maria Rita – Me Deixas Louca

Comentários