Esta foto é sua?

Sobre vontades… [+18]

Ele sempre vinha com um papinho de que iria fazer isso, fazer aquilo e eu ria. Ria de nervoso certas vezes por gostar e, noutras, por querer retrucar todas aquelas palavras, mas me segurava. Até que um dia eu não me aguentei com as mensagens. Ele me mandou um “você sabe o que vai fazer comigo da próxima vez que a gente se encontrar?” e respondi “sei”.

Ele se ajeitou na cadeira e mandou um “fala”. E eu digitei com calma.

“Tenho vontade de te jogar na cama e fazer um strip pra você. Pode ser meio brega e eu sei que vou ter que perder minha timidez, mas vou tomar umas doses de tequila e ligar uma música bem safada pra fazer isso. Você tá me devendo assistir aquele filme pornô pra gente imitar algumas coisas, então acho que já vou estar pensando em várias posições.

Só que antes disso vou rebolar devagar no seu pau duro que vai latejar por debaixo da roupa. Você vai querer botar a mão em mim, mas eu não vou deixar. Tira a mão de mim, vou dizer com ar de autoridade. E quando você parecer querer estourar a calça, vou pôr pra fora tua ereção e te fazer um oral gostoso.

Um boquete, como a gente propriamente diz.

Sei que vou ouvir você gemendo e não duvide do quanto eu me excito em ouvir você gemer. Amo. Você me pega pelo cabelo, me faz subir e descer devagar e eu juro que engasgo algumas vezes, mas nada de demais. Adoro seu tamanho. E não falo isso pra elevar sua autoestima. A gente se encaixa de um jeito que um centímetro a mais me machucaria. Um a menos não me faria tão satisfeita.

Se eu tivesse pedido por um pau, teria sido exatamente pelo seu.

E quando você não aguentar mais ser chupado, vou sentar com vontade e te fazer gozar tão rápido que você vai ficar puto, querendo compensar numa segunda vez só porque não se contenta com aquela gozada meio precoce. Não foi precoce, fui eu quem te estimulei. Fui eu quem te fez gozar. E aí, com você querendo me pegar de maneira nervosa, me dar aquele tapa bem dado na bunda e me botar de quatro, vou rir e dizer ‘tá vendo, era isso que eu queria fazer’.

Só isso. Só pra começar a nossa noite”.

Ele só respondeu “onde você tá agora? rs”.

Tava molhada, esperando pra fazer tudo aquilo virar realidade.

Comentários