tumblr_lyxiv50dG01ql137zo1_500 Esta foto é sua?

4 livros para você ler em um final de semana

A vida é corrida, eu sei. Estudo, trabalho, namoro, família, amigos. Tempo pra leitura que é bom nada, né? Por isso, pensei em uma lista com 4 livros muito bons que você pode começar e terminar no mesmo final de semana, durante aquela viagem pra praia ou em casa mesmo, entre uma série de TV e outra.

1 – Morangos Mofados (Caio Fernando Abreu):

O Caio F. ficou muito famoso na era da internet, porque a galera começou a postar frases dele por aí. Morangos fez o maior sucesso quando foi publicado em 82 e continua até hoje. Por quê? Porque trata de temas universais como o amor, a angústia, a dor, o fracasso, a esperança. E o Caio tem aquela pegada de conflitos internos, o que não se consegue dizer com a boca, só com a caneta. Todos os contos são bem curtinhos, que era o jeito que o Caio escrevia (a gente costuma dizer que é um escritor com pouco fôlego, o que não é ruim, é só um estilo). Sempre que eu termino de ler um conto desse livro, preciso de uns minutos de silêncio, pra entender o que aconteceu comigo depois dessa influência de Caio.

6831268737_e2760fa87e_z

Trecho do livro Morangos Mofados do Caio F.

2 – A Hora Da Estrela (Clarice Lispector):

Se você ainda não leu nada da Clarice, sugiro que comece por esse. É curtinho e, na minha opinião, o romance mais bonito dela – os críticos dizem que é o mais surpreendente também. Narra a história de Macabéa, uma garota especialmente desinteressante pro mundo. Clarice encontra história para a vida dessa moça que não pensa sobre sua própria existência, apenas vive. E Miss Clarice L. escreve daquele jeito que faz a gente suspirar e querer se tornar escritora, né?

3 – Pó De Parede (Carol Bensimon):

Oba! Temos uma escritora contemporânea e magnífica na lista. Eu sugiro a Carol pra todo mundo que me pede um livro pra ler. Pó de Parede é o livro de estreia dela (A Carol lançou quando tinha apenas 26 anos, tá, meu bem?) O livro é formado por 3 contos (lindos, lindos, lindos!). Até hoje eu sou capaz de me transportar para os cenários desses contos, de tão bem descritos. Ela tem um texto delicado, parece que a história flutua o tempo todo. O conto que eu mais amo é o primeiro, “A Caixa”.

Uma menina aleatória lendo só para deixar o post bonito, agora volta a ler o post!

Uma menina aleatória lendo só para deixar o post sensual! #ahamyeahaham

4 – O Apanhador No Campo De Centeio (J. D. Salinger): eu não precisaria escrever uma linha para indicar esse livro. O Apanhador é um clássico da literatura, que todo mundo deveria ler antes dos 20 anos. É o único romance escrito por ele. O livro só ficou famosos uns anos depois, apesar de ter tido uma crítica ótima. Você acaba com ele em um final de semana, porque flui, dialoga com o universo jovem, o texto do Salinger dá pra ler em voz alta, cabe na boca. Quem conta a história é o protagonista Holden Caufield, um adolescente de 16 anos em transição para a fase adulta. Dizem por aí que a Bíblia de adolescente…

Se tiverem mais sugestões de livros que a gente lê numa tacada só, coloquem nos comentários. As leitoras do EOH vão amar! Vem, vem, vem…

Comentários