Esta foto é sua?

Devolve o pedaço de mim que você roubou

É sério, para você pode ser só um pedaço pequeno de um quebra-cabeça que você não conseguiu montar, mas pra mim, esse pedaço é a peça-chave para eu ser completa de novo.

E eu sei que fui eu quem deixou esse pedaço de mim para trás quando cruzei às pressas a fronteira para sair da sua vida. Mas eu tenho certeza que esse pedaço de mim ficou perdido em algum lugar, então por favor, me devolve.

Procura por cima da mesa de cabeceira bem do lado dos teus óculos. Vai, por favor, confere se eu não fiquei por lá. Não?

Tenta procurar então no bolso daquela tua jaqueta vermelha horrível, aquela que parece do filme De Volta para o Futuro e que, aos poucos, eu aprendi a amar. Mas não perde tempo olhando no bolso de fora, vai direto procurar naquele bolso pequeno onde eu escondia minhas mãos nos dias de frio. Vai, por favor, confere se eu não fiquei por lá. Não?

Espera, não desiste. Eu parti bem no meio do jantar. Talvez esse pedaço de mim tenha ficado pela cozinha. Talvez embaixo da segunda garrafa do vinho que a gente nunca bebeu para comemorar o nosso novo apartamento. Vai, por favor, confere se eu não fiquei por lá. Não?

Por falar nisso, vai lá no nosso apartamento e vê se eu não fiquei em algum cantinho escondida no meio do material de construção dos nossos sonhos não concretizados. Vai, por favor, confere se eu não fiquei por lá. Não?

Espera, já sei. Estou procurando esse pedaço de mim, mas não adianta. Já sei. Foi você que roubou, não foi? Eu fiquei ali morando sorrateira dentro do teu olhar. Me devolve de volta pra mim, vai…

Comentários