Esta foto é sua?

Quero um amor de São João: quente e cheio de sentimentos!

Junho mal chegou e já tá indo, mas o melhor ainda está por vir. A copa tá acontecendo, mas é do São João que eu tô falando. Já preparei a camisa xadrez e o chapéu de palha. E quem não gosta de São João, ou é maluco da cabeça, ou não sabe dançar o dois pra lá / dois pra cá no arrasta pé.

Eu sei que o santo é o outro, mas já fiz um pedido pra Santo Antônio nesse São João: quando a sanfona chorar, eu quero estar sorrindo ao lado do meu amor e dividindo um quentão.

É que São João é a época mais gostosa do ano. Tem tudo de milho: bolo, broa, espiga, pamonha, cural. Dizem que amar é engordar juntos, então nada mal. Eu quero o calor do vinho quente e do chá de amendoim. O melado da maçã em forma de amor (ou do amor em forma de maçã). Eu quero tudo que tem direito. Quero carinho. Quero abraço e quero beijo.

Então vem cá, vai. Pula a fogueira comigo? Acho que já deu pra entender que, em cada um desses “eu quero”, nas entrelinhas está escrito “você” completando a frase. Com a licença do seu Alceu Valença, mas eu já ouvi a anunciação do nosso amor. E se Arleno Farias, eu fiz e também quis você pra mim, meu anjo querubim.

Já escrevi os bilhetes e botei no cesto do correio elegante, pra arrancar um sorriso desses que eu amo, com lápis de olho no dente e tudo.

Que Gonzagão e todos os outros santos nos abençoem na hora da quadrilha. Pode falar “olha a chuva” ou “olha a cobra”, sem problemas. Mas se falarem “olha o amor”, ninguém vai gritar que é mentira. Amém!

Comentários