Comentar sobre Vlog: Preguicinha das pessoas

168 comentários abaixo sobre Vlog: Preguicinha das pessoas

  • Maria Beatriz disse:

    As vezes eu penso se a preguiça de conhecer pessoas não é na verdade a saudade de outra pessoa.
    Como se a preguiça fosse o nosso íntimo se recusando a trocar de fase, a superar.
    Talvez seja uma fase, talvez não. Talvez exista várias maneiras de sentir preguiça de alguém. Vários motivos.
    Mas o principal é: Você sai e não vê motivação pra continuar ali. As pessoas conversam com você e a sua mente dá as respostas antes que a pessoa te responda. É tudo automático. É tudo sem sal.

  • Letícia Fonseca disse:

    Fred, eu meio que te entendo..
    Eu adoro conhecer novas coisas, novos lugares e principalmente pessoas novas, mas parece que as pessoas estão cada vez mais parecidas.. eu gosto de sair para tentar a sorte de conhecer uma pessoa que seja ELA/ELE mesma/o, que não tenha vergonha de tagarelar sobre a anormalidade (Que na verdade é originalidade) de seus sonhos, pensamentos e etc.. mas ao mesmo tempo não quero sair porque tenho quase certeza de que não verei esse tipo de pessoa, e sim alguém como qualquer outra pessoa. Eu adoraria conhecer alguém que me fizesse pensar(ou falar em voz alta.. Porque eu sempre me faço passar vergonha rsrs)”PORRA! Como você é foda! Eu preciso de você na minha vida já!!”.
    Parece que a cada dia que passa as pessoas estão se tornando cópias umas das outras, me entende?
    (É claro que ele entende, quem fez o vídeo foi ele, Letícia) Enfim.. é isso. rsrs
    Ahh, Frederico, que voz foi essa aos 04:00min?? Ganhou o selinho de “Nooossa, que delícia, velho!” s2

  • Andrea Amaral disse:

    Normal Fred, isso acontece uma vez por mês comigo…ou seja na TPM….kkkkk

  • Carol Lucas disse:

    Ta se sentindo assim com relações as pessoas pq vc ainda não me conheceu u.u

  • Jéssica Jansen disse:

    Você copiou esse conteudo dos meus pensamentos, SÓ PODE ! hahahaha , brincadeiras a parte , preguiça das pessoas , preguiça das mesmas perguntas de sempre… preguiça , preguiça , preguiça. E além disso é cansativo conhecer e desconhecer pessoas, falar as mesmas historias e bla bla bla … Quem sabe o que vai acontecer, amanha a gente pode conhecer alguem diferente ?! Vamos aguardar assistindo netflix. Beijos

  • Glécia Albuquerque disse:

    Meeeeoooo Deus, finalmente alguém que tbm está com preguiça de conhecer pessoas novas!!!! Aff, todo mundo me critica por causa disso, maaas me deixa!! kkkkkk

  • Débora Santos disse:

    Fred, como sempre falando sobre coisas atuais e sentimentos atuais. sim, eu tenho preguiça das pessoas, tenho preguiça do mesmo fim da historia, mas podemos nos surpreender, ou não!?
    beijos Fred :*

  • Jefflayny Pereira disse:

    Boca linda, sempre digo isso.
    Mas sob o vídeo, concordo.

  • Claudia Takano disse:

    Por partes:

    Então Fred, primeiro, apesar desse jeito leve e gracinha (e não, isso é não é cantada, é fato e sim, essa trilha sonora foi bem escolhida e tipo, avaliza esse lance uau, que legal!), você é chato sim…rs…bom, chato no sentido de ser muito, mas muito crítico mesmo…pelo menos eu acho. Sei lá, me parece meio difícil atingir seu nível de exigência…’meda’!

    Segundo, a padronização existe e dá preguiça mesmo. Aquilo, gente ‘cool’ frequenta determinados lugares, veste determinadas grifes, assiste filmes de determinado tipo, lê determinado escritor, ouve determinada música, viaja para determinado destino. Quem é que determina isso mesmo? Daí deixam de ser o que são e de fazer o que querem, para fazer o que é legal. Ponto.

    Terceiro, tá com preguiça? Relaxa e curte o Netflix ué? Encana não? Já assistiu “Pilars of Earth”? Cara, vale super à pena, tanto que depois de assistir, decidi até ler o livro e olha que nunca me interessei pelo Ken Follet (pois é, não é ‘cool’, ha!).

    Da minha parte, diversifico bem para não dar essa preguiça porque meu (é, sou de SP), eu curto gente. Adoro ouvir as pessoas falarem…acho beeem legal!

    Então minha amiga mais nova tem 15 anos e a mais velha tem 84.

    E eu me divirto dançando putz-putz, ou ouvindo MPB, ou numa balada flashback (so sad, anos passando!)…não, sertanejo não dá não.

    E sei lá, tudo bem se for um chá inglês, pão com manteiga na padaria ou um Thai da moda, tá tudo certo.

    Encaro na mesma animação Ecoturismo e viagem cultural…

    Sei lá, a gente vai experimentando e a preguiça vai passando.

    Por aí…
    (é isso aí, falo na mesma medida que escrevo…muito)

  • Isabella Costa disse:

    Fred a cada vez mais eu penso que você lê o meu pensamento rs, estou numa fase exatamente assim e quando eu falo todo mundo diz que to ficando chata e velha rs….mas tudo parece ser previsível…Espero que seja apenas uma fase mesmo e que apareça alguém que nos surpreenda e nos faça mudar de fase <3

  • Aryane Rodrigues disse:

    ESTAMOS com preguiça, Fred !
    Suuuuper concordo! Fico me achando a estranha por isso, que bom que você me entendeeeee :D Por isso todo o meu amor por você, me compreende como ninguéeeem :*
    Parece que tá ficando tudo padronizado. Isso me irrita! HAHA
    Frederico precisa de um amor + Anny precisa de um amor (ou um Fred) Tem alguma coisa aqui combinando :P hsuhaushauhsua
    “saudade de sentir admiração pelas pessoas” Exatamente issoooo !
    #AdoreiOVideo #MeIdentifiquei #OMundoTaEstranho #Robozinho #EuTbmSouChata #AdoroGenteChata #AdoroVocê #LoveFred #OSorrisoMaisLindo <3

  • Natallia Moser disse:

    Estou exatamente sentindo a mesma coisa, tenho preguiça de sair de casa e conhecer pessoas iguais, prefiro ficar em casa com a minha família. E sim, minhas amigas me chamam de velha por causa disso hahaha As vezes tenho preguiça até da minha rotina… Mas espero que seja só uma fase, e que todo o entusiamos volte pra gente Fred!!

  • Vanessa disse:

    Sério mesmo que você está com preguiça Fred? Pois então eu já nasci com ela… hahahaha… nunca fui de sair de noite desde a época de adolescente e agora então NEM PENSAR…. kkkkkkkkkk… é trabalhar, estudar, igreja, casa e tudo de novo…. kkkkkkkkkk… mas não acredito que seja chato não, pois o que está acontecendo é uma fase de amadurecimento. Todos nós passamos por isso, já é de natureza, quer um conselho? Arrume uma namorada e case-se e vai ver que não vai precisar mais conhecer pessoas novas… hahahaha… não eu não sou casada, mas as minhas amigas que são comentam muito sobre isso, então case-se Fred…. kkkkkk … ;)

  • Alba disse:

    Concordo, também estou com preguiça das pessoas.

  • Tatii Gonsales disse:

    Preguiça do mundo…

  • Nancy Santos disse:

    Eu já tenho preguiça de conhecer pessoas que têm preguiça de conhecer diferentes e novas pessoas. Eu adoro conhecer alguém que é bem diferente de mim, de saber qual o pensamento, o que curte, admiro o estilo e tal, assim elas sempre me acrescentam algo. Um lugar novo pra conhecer, uma música, um filme, as vezes mudam meu pensamento, as vezes reafirmam o meu etc. Mas isso quando elas também estão dispostas a me conhecer, porque você precisa primeiro passar pelo filtro delas, o roteiro básico de perguntas, além de ter paciência em esperar sua hora de falar, já que estamos carente de atenção então as vezes só rola um monólogo.

    Enfim, também acho que eu sou chata, Super Chata!

  • Thais Allana disse:

    As pessoas estão iguais. As personalidades são ditadas, o visual tbm… então vc olha pros lados e vê todo mundo igual. Ou vc que mudou! rs
    Por isso compartilho da mesma ideia…principalmente sobre o Neteflix acrescentando alguns livros… CLARO!

  • Carol Rodrigues Macedo disse:

    Resumo da vida. Não vou explicar nem dar exemplo porque é isso mesmo. Preguiça. Bjs

  • Jéssica Paiva disse:

    Sinto muita preguiçaaaaaaaa de Pessoas que não agregam , isso nos deixa cansados, e isso me faz lembrar que podemos nos decepcionar, ta até ai tudo ok , e ta acredito que isso faça parte do amadurecimento do ser humano, nos decepcionar e aprender, crescer com essas situações.
    Concordo plenamente com você Fred, e parece que você lê os pensamentos.

  • Eyslian Machado disse:

    Se ter preguiça de conhecer pessoas é sinônimo de ser chato, então eu sou chata pra caralho. Mas, ainda prefiro dizer que sou antissocial mesmo. Quanto mais conheço as pessoas, mais amo meus livros. E ok Fred, você é chato sim, mas tenho certeza que assim como eu, várias mulheres aqui queria ter um chato desse em casa. haha

  • Alana Pichineli de Oliveira disse:

    Me abraça Freeeeeeeeeed!!! Eu ando com muita preguiça das pessoas! Mas isso não é de agora, já tem uns dois anos. Canso das pessoas, das histórias delas sabe? Canso até de mim hahaha
    Confesso que tenho preguiça das pessoas, das coisas, de alguns lugares também. As vezes deixo de sair por preguiça de pessoas que sei que vou encontrar lá, prefiro ficar no aconchego do meu lar. Talvez seja por isso que tô sozinha há algum tempo hahaha
    Já prometi a mima mesma que vou mudar, mas tá difícil. Memo porque, como você disse, com certeza sou eu a errada, impossível todo mundo ser chato igual eu acho hahahaahhaha
    E se um dia a gente se encontrar: não tenha preguiça de miiiiim. Juro que vou fazer um esforço e não ter preguiça de você ahhahahaha

  • Fabi disse:

    SUPER me identifico.. Acho que deve ser a idade sim.. Pelo menos comigo.. E nem é só com relacionamentos, é de um modo geral, entre eu e o mundo! rsrs
    #ChataAssumida
    Mesmo assim continuo te achando um amor Fred! ♥
    Beeeeeeeijo :*

  • Bruna Garcia disse:

    Me identifico!
    Tenho preguiça até de mim as vezes kkkk
    Beijoo Fred, amo seus videos :*

  • Jaqueline disse:

    Ah…acho q todo mundo passa pela essa fase de se cansar das pessoas.
    Principalmente qndo ela não consegue mas nos surpreender. Mas o importante é sempre aproveitar a vida a sua maneira, seja saindo ou no conforto da sua casa sozinho. E uma hora essa fase passa..

  • mila disse:

    Suuuuper me identifico! É um alívio saber que não sou a única! ;)

  • Realmente o mundo na qual vivemos estamos passando por esse momento de ter preguiça de escutar as mesmas “ladainhas”, talvez porque estamos mais seletivos e queremos que nossas expectativas sejam “superadas” com um papo mais cabeça e interessante à nossos ouvidos e mentes ! Será porque estamos cansados das mesmices e superficialidades do mundo que visam em “modinhas dessas situações passageiras” e que acabam nos entediando e nos deixando aborrecidos e chatinhos….como diz a Pitty, eu quero sempre mais e espero sempre mais de ti !!!! Eu super apoio seu momento e estou nessa mesma vibe !! Adoro seus posts ! Beijinhos! s2

  • Carol Melo disse:

    Sim, pior q não é uma fase Fred, As pessoas estão iguais, as opiniões iguais, o modo de falar, tá tudo tão figurinha repetida, que realmente, não é que dá preguiça, é que sabemos antes mesmo de conhecer, que aquele ser, terá o mesmo discurso dos demais.. Ta fuck… mht fuck..

  • Amanda Alencar (amy) disse:

    Preguiça é pouco, preguiça ao cubo! Pessoas vazias de si, vazias de conteúdo, de bobagens tbm. Não queremos pessoas “fodonas”, mas queremos aquelas tbm que são idiotas, que sabem o momento certo de ser, de pessoas que te dão liberdade para fazer as coisas só, e liberdade para fazer coisas com ela também. Mas falando sério, essa preguiça já é amiga de longa data! Beijos Fred, adoro seus vídeos! ❤

  • sthefane disse:

    Freeeeed tambem me sinto exatamente assim.Nao sei se é uma fase ..(porque eu tambem sou chata pra caralho) ..entao tambem me encontro perdida nesse tempo de ouvir , conhecer e bla bla bla..
    o negocio é estar sozinho..e permanecer assim um tempo (eu acho).

    ameiii o video como sempre

  • Heloisa Carlesso Kampa disse:

    só tenho uma coisa pra te fala… #tmjFred to com preguiça de conhece pessoas a algum tempo!! To preferindo assisti Netflix!! essa historia ta ficando chato!! mais nao sei quando sai dessa fase.. to bem assim. é ruim eu sei!! mais to assim sem paciência!! eu te entendo!!

  • Jaiane Diniz disse:

    Eu achei que era só eu hahahahaha eu não sou chata kkkkk eu e Fred somos fica melhor assim, estou passando por isso Fred, tipo não estou afim mesmo de ouvir sempre as mesmas coisas , até as reclamações são iguais …. Fred te ador pé de messa <3

  • Iandra Luna disse:

    Cara, eu acho que fiquei velha mesmo. Sempre tem os elogios “bregas”, os convites repetitivos e quando vou ver já ignorei inúmeros homens por preguiça. Sou mais um netflix mesmo e minhas sérias imprevisíveis!

  • Rebeca Clozel Petrovcic disse:

    Ahhhh MANO! Tá tudo junto e misturado. É preguiça + desânimo + falta de vontade. Tá tenso!! Mas deve ser transitório não é possivel, nééam?! Uma hora as coisas melhoram, as pessoas, os momentos, etc.. e tal é issaê!! Então tá, AGORA eu to “meio sei lá” e bóra nos paranauê que é vida que segue :3

  • Nanda Romeu disse:

    Estou igual,Netflix sempre! Mas esse final de semana a chata aqui, irá fazer diferente.

  • Natália Gameiro disse:

    Mas gente, eu tô conhecendo cada vez mais gente legal na minha vida! Confesso uma preguicinha de balada que antes não me pertencia, mas conhecer pessoas está cada vez mais bacana. Beijos (ps. Criolo <3)

  • Cibele Siqueira disse:

    Fred, eu aqui analisando sua situaçao cheguei a conclusão que sua chatice e preguiça poder ser: ta stressado ou ta de TPM… hahahaha TPM me faz sentir tudo isso q vc disse rsrs… chocolate e filmes são sempre os melhores remédios rsrs.. bjs

  • Jessica Thalg disse:

    Nossa. Essa eu vou comentar. O povo tá muito fútil. Muito superficial. Você não pode ser você mesmo. Falar uma coisunha diferente que já é motivo de chamar o “próximo da lista”.
    No dia q a galera parar de ser egoísta, quem sabe a gente pare de ter preguiça delas ;D

  • Jés Reis disse:

    To nessa fase desde sempre kkkkk. Qro um bofe, mas a preguiça n me deixa nem gostar kkkk

  • Gabriela Kretschmer disse:

    Fred meu bem, eu acho que todo mundo está com essa preguiça das pessoas, então toca ai e bora esperar tudo melhorar… ;)

  • Rita Silva disse:

    Tão eu Fred! Estou passando pelo mesmo momento. Faz um tempinho que fico em casa vendo Netflix! To bem chata tbm.. Kkkk.. Fases da vida,

  • Amanda Bentes disse:

    Fredd… tinha acabado de falar isso pras minhas amigas na hora que vi o título do vídeo quase cai pra trás… rs

  • Zaysis Cândido disse:

    Fred, você está com preguicinha de conhecer as pessoas porquê você não me conheceu ainda…

  • Diva Flores disse:

    Quando refletimos muito sobre nós mesmos e as situações que nos envolve é natural sentir essa ” preguiçinha”, ao menos, eu acho, e é isso que me mantém lúcida, ou quase…rs O pior de tudo é quando você fica com preguiça dos velhos amigos, preguiça de justificar o que os caras deveriam já saber, só que aí você se dá conta que todos estavam em outro momento quando você estava lá… ( Ficou confuso). Enfim, me deu preguiça agora de explicar mais, o fato é que esse sentimento habita em mim há alguns meses…

  • Paloma Prestes disse:

    Freeeeed, te entendo meu caro ashuahsu, dá uma preguiça de conhecer e desconhecer pessoas…
    estamos ficando chatos e ranzinzas u.u

  • Beatriz Magro disse:

    HAHA SENSACIONAL! Passei muito por isso! Preguicinha de encontros que são sempre iguais e conversas que parecem seguir um roteiro! Até que larguei disso! Sem apps, sem responder xavecos vazios e sem flertar nos roles! Até que um dia conheci alguém que fugiu de qualquer roteiro que eu conhecia… e hoje estamos namorando! (:

  • Debora Fernanda disse:

    Nossaaaaaaa! Você conseguiu desvendar o motivo de eu ficar em casa assistindo filmes no Netflix. Otimo hahaha,preguiça de conhecer e viver o mesmo ciclo das pessoas. Amei. Cansada de sair e ouvir os mesmos assuntos, tentar curtir os mesmos lugares. Talvez eu tambem precise de amor ou apenas ficar mais sozinha….SENSACIONAL Fred. Beijos com muita luz.

  • Aline Santos disse:

    Poderia estar estudando, mas estou aqui… Hahahahahhahahaha
    Sabe Fred, se isso for uma fase eu estou nessa fase a tempos viu? Sei lá, eu sempre fui a chata do grupo, as pessoas acham que sou anti social mas não, eu só tenho preguiça das pessoas, tenho preguiça até de mim as vezes por minha vida ser uma rotina, as vezes mudo até de caminho para algo ser novo sabe? rs
    Fiquei 1 semana faltando na Facu, por estar com preguiça de ver as mesmas pessoas, os mesmos assuntos e blá blá blá. Enfim, mais uma vez você me descreveu nesse vídeo. Ps: não vou sumir ta? Hahahaha bom final de semana. *-*

    • Frederico Stewers Elboni Frederico Stewers Elboni disse:

      Acho bom você continuar aqui :)

      • Aline Santos disse:

        ps: você tem que ver esse resfriado que não passa viu Sr. Frederico????

  • Roberta disse:

    Fred, já estou assim há um tempo. To cansada de escutar sempre o mesmo papo. E quando resolvo dar uma chance, do tipo ” dessa vez vai ser diferente”, é tudo exatamente igual…

  • Mila Freitas disse:

    Não sei se é fase mais sei que tô bem assim ultimamente, ficar em casa, assistir filmes e comer pipoca tá sendo muito mais interessante que sair por aí ” conhecendo pessoas”…

  • Regiane Pontes disse:

    Boa tarde!!! Isso é uma fase! Longa por sinal… Já me sinto assim a anos. Então, logo q conheço alguém, comento, se for pra fazer joguinho (de gato e rato, vc se esconde e eu procuro), tô fora… pq tempo para passar momentos bons até arrumo, agr se for apenas pra bagunçar meu cotidiano com as mesmices de todos…
    ficar sozinha tem mas emoção!!! Escolho apaixonar por um livro ou um litro…. kkkkk

  • Lais Schropfer disse:

    Estava dando uma passada rápida pelo blog como de costume, quando me deparei com essa manchete e não resisti a tentação de clicar e olhar. É bom saber que não sou a única ranzinza que se sente dessa maneira, sem paciência para socializar, cansada das mesmas conversas e cantadas. Talvez essa fase antissocial sirva para nos conhecermos melhor, para descobri nossa singularidade, e assim quem sabe quando menos esperarmos encontraremos alguém cheio de amor e intensidade em meio a tantas pessoas vazias.

  • Carolina Do Nascimento disse:

    Achei mega reconfortante saber que a chatisse com as pessoas não é só minha, e que existem milhares de pessoas vivendo esse cansaço fora de época. PFVR, vamos todos marcar um mega encontro pra ninguém aparecer prq o q a gente gosta mesmo é de ficar na nossa casa sendo rabugento :3

  • Wanessa Costa disse:

    cansada disso tudo também… em mim só não há preguiça de ler teus textos e assistir teus vídeos!! obrigada por preencher-me de coisas boas.

  • Aline disse:

    Muito bom seus vídeos,os assuntos abordados sempre com bom humor..
    E realmente isso esta acontecendo muito hoje em dia,por isso um filme cai bem nessas situações..:)

  • Andréia Souza disse:

    Aaah Fred ( Fred pq já me sinto intima por seus textos e vídeos rsrs) …te entendo perfeitamente e fico feliz por saber q isso não é uma chatice minha ainda mais qdo estou na TPM. Rs
    Preguiça de pessoas e começar td de novo me define!Super bj

  • Dhara Moreira disse:

    Sai fora, Fred! Para de roubar meus sentimentos so! Eu to com uma preguiça mor das pessoas. Ah cara, eu te entendo, muito! Esse Frederico…

  • Aline Faria disse:

    Fred estou com você! Ultimamente ando assim também, com preguiça das pessoas… Mas também acho que as vezes falta empenho e dedicação, porque será que aquela amizade ou relacionamento não durou…As vezes temos que parar um pouco e arrumar um tempo p fazer uma ligação, tomar um suco, sair, dar umas risadas, enfim fazer a nossa parte para que aquele conhecer nao se acabe em duas semanas /0/ bjos adoro suas reflexões e vídeos.

  • Ninna Andrade disse:

    Fred, eu não chamaria de preguiça, mas acho que assim como eu vc talvez acredite que exista alguém já pronto, que se enquadre nos seus padrões e “expectativas”, sendo que na verdade as pessoas hoje acreditam existir uma fórmula secreta pra conquistas amorosas e preferem seguir á risca esse manual de instruções, na minha cabeça ando achando tudo tão robotizado, é como se os homens tivessem perdido a sua essência, seu norte, acabam se tornando “Maria vai com as outras”. Mas acredito que por esse mundão afora ainda exista alguém que vá fazer a diferença na minha vida e que eu sinta isso só de bater o olho! Beijo queridoo e não desista do amor!

    • Vandrisse disse:

      Falou tudo Ninna! O que de fato está faltando nas pessas hoje em dia é a espontaneidade, todos preferem seguir os “manual de como agir nos encontros” e esquecem de do principal; que é se divertir e fazer o que tiver vontade, sem ligar muito para o que a sociedade julga ser considerado “normal “.
      Aí cria esse ciclo tedioso de encontros nos quais já é bem possível saber no que vai dar.

    • Frederico Stewers Elboni Frederico Stewers Elboni disse:

      Eu desistir? Difícil hahaha <3

  • Júlia Linn disse:

    Nossa Fred! Eu estava pensando sobre isso essa semana mesmo, como eu ando com preguiça de sair e conhecer pessoas novas… Faz umas duas semanas que apareceram uns caras que pareciam ser legais e tudo mais, ah beleza, conversa foi fluindo com cada um deles, mas no final das contas, não sobrou nenhum, pois todos eles compartilhavam da mesma ideia, e mesmo ideais. Penso que as pessoas deveriam se ater a novas formas de “conquistar” as outras, com conversas diferentes, não apenas “oi, tudo bem? O que você faz da vida?”. Estou naquela fase que também prefiro ficar em casa do que sair e ver as mesmas coisas, em todos os lugares… Afinal, meu netflix na maioria das vezes é minha melhor companhia haha
    Amei o vídeo!

  • Taiany Oliver disse:

    Caralho! Assisti o vídeo todo falando “meu Deus!”. Tudo isso tem sido tão eu ultimamente. Eu cansei de conhecer pessoas, cansei daquela coisa de começo, tá tudo tão chato e igual. Wow! Compartilhamos do mesmo sentimento.

  • Fernando disse:

    Vi o link do vídeo no face por acaso e cliquei…….to na mesma. Sou homem e, talvez, esse não seja o site mais “correto” de se estar, mas você disse exatamente o que venho pensando ultimamente. Chega a ser chato você sair para algum lugar hoje e ver que isso não acrescentou em nada. As vezes falo para mim mesmo que sou um cara velho de 21 anos, enquanto todo mundo está postando foto de baladas e festas com seus copos na mão, eu estou em casa vendo tudo isso pelo computador e só consigo pensar “legal eem”, sei lá, compartilho com você essa preguiça. Acho que falta algo ou alguém que prenda nossa atenção e nos faça querer estar ali de verdade, bom se achar um jeito de acabar com a preguiça me avisa.

    • Jessika Garcia disse:

      Também tenho a mesma sensação, velha aos 21 anos. Como diz um professor meu, que aliás tem 23 anos, somos a geração netflix, somos jovens idosos.

    • Juliana Carvalho disse:

      Concordo plenamente, penso exatamente assim.

    • Patrick Velasques disse:

      Achei que eu era o único que partilhava dessa de ficar em casa e ver todo mundo postando fotos de baladas e roles e ficar pensando “Hm legal” kkkkkk

  • Beatriz Kanamaro disse:

    Não sei se é exatamente preguiça das pessoas, mas eu sempre vi em muita gente que eu conhecia conheci a pouca inovação, muito argumento copiado da globo ou da veja, falta de senso crítico, falta de personalidade e falta de teorias próprias… As pessoas deviam ter mais certeza das coisas que pensam e menos do que elas ouvem, devia ser mais céticas elas a falta disso tudo me deixa enredada… Talvez seja por isso que eu geralmente me interesso pelos desviantes, pelo amarelo de um grupo de azuis, pelos geniais , eles me tiram do tédio e se existe algo que eu odeio é tédio Hahaha tenta fazer algo diferente e fora da casinha … As vezes ajuda

  • Beatriz Kanamaro disse:

    Não sei se é exatamente preguiça das pessoas, mas eu sempre vi em muita gente que eu conhecia e conheci, pouca inovação, muito argumento copiado da mídia, falta de senso crítico, falta de personalidade e falta de teorias próprias… As pessoas deviam ter mais certeza das coisas que pensam e menos do que elas ouvem, devia ser mais céticas e a falta disso tudo me deixa entediada… Talvez seja por isso que eu geralmente me interesso pelos desviantes, pelo amarelo de um grupo de azuis, pelos geniais , eles me tiram do tédio e se existe algo que eu odeio é tédio Hahaha tenta fazer algo diferente e fora da casinha … As vezes ajuda

  • Daiana Ferreira disse:

    Oi Fred, faz um tempo que acompanho site, conheci vc no programa Pânico na radio, e gostei muito!!!!!! Acho que essa preguiça deve ser alguma conjunção astral dos planetas rsrsrsr, pq eu to assim, e um monte de pessoas que conheço tbm estão assim… Mas afinal, a principal tragédia da ROTINA, e que ela cansa Bjão

    • Frederico Stewers Elboni Frederico Stewers Elboni disse:

      Hahahaa, tragédias, faz parte do charme da vida, não é mesmo?

  • Livia Fernandes disse:

    Aquele momento em que vc vê um texto que traduz seus pensamentos.
    Tenho sentido falta de ter essa surpresa, como vc mencionou muito bem no vídeo. A impressão que me causa, as vzs, é que vivo o mesmo roteiro com pessoas diferentes (especialmente nos relacionamentos amorosos). Sendo o problema em mim, espero que encontre aonde está o meu erro e que eu dê a oportunidade de ser surpreendida. Espero que o mesmo ocorra com vc :) hahaha.

    Fred, querido, um beijo enorme de uma super fã ;*

  • Jenyfer Oliveira disse:

    Me descreve! Hahahahahahahhah
    Eu tenho preguiça de pessoas que tem preguiça de existir.

  • Raquel Simoes disse:

    Faço minhas as suas palavras, muita preguiça das pessoas.

  • Letícia Lima disse:

    Também me sinto da mesma forma. Faz tempo que não me deparo com alguém que me surpreenda numa conversa, que me faça despertar aquele sentimento de admiração, de “uau, que irado!”, que venha com opiniões interessantes sobre as coisas, de cabeça aberta, com diálogo leve, enfim, acredito que isso vem muito do alto conhecimento e isso entra muito no que você falou Fred, sobre fases, onde as pessoas estão fazendo faculdade, atrás de um trampo, se encontrando em meio ao turbilhão de informações que nos deparamos nessa “fase jovem” e acabamos meio que perdidos, acredito eu. E se não temos o habito de parar um pouco e olharmos para nós mesmos, tentar nos compreender e buscar uma forma de sermos diferentes e melhores para nós e não para os outros, seremos uma monotonia constante. Por isso, eu com os meus quase 23 anos vivo nessa busca, quero ser a protagonista de uma História fascinante pra mim mesma e poder ter algo pra contar para uma criança (talvez filhos) o quanto tive momentos felicidade e que todos nós somos capazes de viver algo extraordinário, basta querermos e fazer o possível e impossível para conquistar os caminhos que desejamos seguir. Vou contar uma coisa: Na época da escola, lembro que amizades minhas me diziam que eu era “velha” pela maneira de como pensava e agia diante de algumas coisas que aconteciam. Sempre busquei ver as coisas de uma maneira diferente, tem sempre algo bom em um dia ruim, tem sempre um aprendizado naquela fase não tão boa, tem sempre algo positivo em um “não”, depende sempre da maneira como você enxerga as coisas. Eu nunca me importei muito em ser chamada de velha pelos meus colegas, apesar de as vezes me incomodar por enxergar coisas que aquelas pessoas ao meu redor não enxergava. Daí então eu percebi, eu estava num grupo de pessoas que eu não me encaixava, me sentia deslocada, o que eles falavam era chato pra mim, não que eles fossem chatos, mas aquela mesmice toda de mimimi’s. Hoje eu tenho amizades que são mais velhas que eu, me apaixonei por alguém muiiiito mais velho que eu, assisto programas que não tem nada a ver com a minha idade, ouço músicas que me transportam pra onde eu desejo estar daqui a 10 anos, procuro aprender algo todos os dias, sim, todos os dias, por mais pequeno que seja, amo conversar com pessoas mais velhas que eu, elas sempre tem a acrescentar na minha vida. E essa tecnologia, posso dizer?! Estou com preguiça dessa tecnologia, (me juguem também), essa falta de contato física tá cada vez pior, juro que isso tá me cansando, voto por mais conversas ao pé do ouvido sem a interferência dos áudios feitos via whatsapp, por mais beijos, abraços sem emoji, por mais sexo sem textos, fotos nudes e videos. Enfim, nada contra a tecnologia, acho que agregou muita coisa, mas esta acabando com as coisas importantes da vida, sobre isso teria muito a dizer, mas é basicamente isso, a tecnologia esta deixando as pessoas mais frias. Bem, as pessoas são feitas de detalhes, da simplicidade e principalmente de amor, se não tiver essas pequenas coisas me darão preguiça forever.

  • Catarine Duarte disse:

    Fred, super te entendo porque você definiu meu estado atualmente haha :)

  • Camila Evely disse:

    Nossa este vídeo traz a minha realidade…
    Pensava que era só eu Fred.

    Estou Exatamente nessa fase da minha vida, tenho preguiça de ouvir sempre as mesmas conversas e assim como vc, acredito que o problema seja eu.
    Sabe tenho 25 anos, minhas amigas me enchem muito a paciência porque dizem que eu não sinto tanto gosto em sair, que desse jeito não vou conhecer ninguém, que não vou casar… Kkkkkkk. Enfim, o que elas não entendem é a minha preguiça de conhecer pessoas iguais, de fazer coisas que todos fazem… Prefiro ficar em casa, vendo filmes, ouvindo músicas, lendo um livro ou assistindo seus vídeos, (FAZENDO UM MÉDIA…KKKKKKKK) que sair, beber, ou ouvir as mesmas conversas.

    Têm uma frase do seu Livro MEU UNIVERSO PARTICULAR que descreve explicitamente essa fase da minha vida:

    Quando digo gostar da solidão, todos se entreolham assustados. Para eles, a solidão reflete um “eu” sem opções. Mal sabem eles que ela é um “eu” com todas as opções.

    Essa têm sido Minha Frase preferida…
    Haaaa vou aproveitar e agradecer pelo Maravilhoso livro, é SENSACIONAL … Desde que comecei a ler eles se tornaram meus queridinhos.

    Te desejo ótimas idéias e muita criatividade para continuar nos presenteando com excelentes vídeos e leituras. (MINHA PARTE EGOÍSTA… RS)

    Bjoo :-*

  • Fernanda Machado disse:

    Preguiça disso tudo que você falou, eu digo para minhas amigas que estou me divorciando da raça humana… Kkkkkk Fico aqui aguardando esse momento certo que todo mundo fala! Mas tbm não vou em balada nenhuma se tiver de acontecer, vai ter q ser no caminho de casa para o trabalho, trabalho faculdade, faculdade casa… rs. Um dia chega ou não! Sei lá…

  • Jolieangell disse:

    Fred, gosto demais de passar por aqui e ouvir e ler textos! Por que vcs são todos jovens, escrevendo e comentando. Aprendo muito com todos vcs e levo este conhecimento de vida e convívio para o meu dia-a-dia com minha filha e sim…meus dois netos pequeninos. Então…também sou “chata”, hoje com 60 anos! Faz uns dez anos que me defino assim! Na idade de vcs eu era mais aberta. Tentava me comunicar e ouvir. Uma vez , me queixando disso para uma psicóloga, ela me disse que a questão é que eu não encontrava “interlocutores”. Ela tinha razão, porém percebi que eu precisava elaborar uma espécie de filtro e assim adequar o meu “discurso” e moderar minhas expectativas para conseguir conviver com as pessoas de modo geral! Da TPM, como disse a Cibele Siqueira, eu já passei, então hoje eu uso um termo específico para mim…rsrsrsrs…tenho “ouvido seletivo”. Vcs tem mais tempo para viver do que eu, portanto podem esmiuçar a questão, eu não, portanto desligo a minha chave-mestra quando o papo já rendeu e volto tranquila e satisfeita para o Netflix, os livros, as músicas, o trabalho e o que mais alimentar minha alma e o meu cérebro! Sem solidão! Apenas em paz comigo mesma! Beijo!

  • silenciar disse:

    Nossa,ando bem assim,isso acabou ate me afastando de algumas pessoas,porque não via nada de diferente,apenas vazios com coisas superficiais, acabei cansando mas acredito que existe alguém completo por aí.

  • Camila Oki disse:

    Preguiça total. Mas sabe o que? Acho que eu tbem entro nessa onda de conversinha morna qdo conheço alguém novo… O que vc faz da vida? Onde morou? Férias? Gosta de fazer oq? Legal aquela viagem pra asia… Aquele filme com o joaquin phoenix… Preguiça. De repente o negócio é perguntar e falar mesmo o q vem na cabeça. Tipo, gostei do seu jeito de dar risada desengonçado, gosta de friends? Adoro o joe pq…. Vamos comer um bolo? Detesto ir a supermercado, vamos junto pra ficar mais divertido? Vamos tomar café da manhã na quarta, ao invés de vinho na quinta a noite? ………

  • Brena Souza disse:

    hahahahaha’ Na verdade, gente, não foi o Fred quem protagonizou esse vídeo, fui eu transformada em Fred… Porque tudo o que ele disse sou eu no meu dia-a-dia!!!!!
    Eu me canso muito rápido desse tipo de convívio quando não rola de maneira natural. Quando as coisas se tornam muito automáticas: se conhecer, wsp, e sai, mais wsp e mimimimi e sai….. e mimimimi e sai….. EU JÁ FICO SUFOCADA!!!! Sentindo na obrigação de ver essa pessoa, daí passo a NÃO querer mais vê-la!!!! E passo a desejar ficar sozinha porque não quero mais ter que ouvir mimimimi de ninguém! Deve parecer egoísta, eu sei ><

    Sabem o que eu queria? Conhecer uma pessoa, que tenha uma rotina relativamente similar a minha, mas não tanto porque é perigoso pela monotonia, me agite mas não me tire taaaaaanto da minha zona de conforto. Que eu diga "Hey! Posso passar na tua casa para fazer vários nadas?" Chegar… sentar, bater um papo gostoso, sem nada direcionado, ou apenas ficar calados na companhia um do outro.

    Eu sei… sou esquisita.

    Beijos, Fred :*

  • Karollyne Menezes disse:

    Menos pessoas e mais animais!!!
    Estou morta de preguiça de pessoas!!!! Hahahahahahaha

  • Talissa Rodrigues disse:

    Exatamente como estou me sentindo….preguiça de todos. Chega a dar enjôo!

  • Gisele Carvalho disse:

    Fred, eu não estou só com preguiça das pessoas, acho que estou é com a síndrome do ” nossa que inútil” vejo que as pessoas hoje não querem ser mais elas mesmas e sim parecer com o outro,PO Cara isso me incomoda muito, principalmente com os caras que sai.Como vc mesmo disse no vídeo; faço faculdade, trabalho e blablablá… cadê aquele povo animado que gosta de falar besteira sem motivos que sai pra ir na esquina e transforma a saída em uma história boa e engraçada para contar pros amigos!
    Sinceramente, que preguiça rsrrss

    Beijão

  • Jennyffer Ruiva disse:

    Dei mtas risadas, exatamente isso que sinto toda vez, preguiça das pessoas, qdo falo p minhas amigas q tenho preguiça começar aquele papo, preguiça de mesmas mensagem no whatsapp, olho p alguém começo imaginar já td como vai ser, morro de preguiça até de conhecer alguém, pensando que não vou ter mta paciência, são rara as pessoas que me chamam atenção, minha mãe disse que vou morrer sozinha, meu pai disse que sou ranzinza, minhas amigas dizem que sou muito louca…mais exatamente isso que acontece cmg tb Fred! Adorei o vídeo, fiquei feliz de saber que não sou única ranzinza no mundo hahahahah…

  • Amizadai Leal disse:

    Rir demais com esse video, mais rir pq? Porque a cada segundo que passava eu me via na msm situacao… o mundo e as pessoas tao muito artificiais e vazias, da preguiça de verdade passar por todo ciclo da conquista e de tudo.. Hoje mesmo deixei de sair pra uma festa com preguiça, mais o Netflix nosso de cada dia me salvou… assistir a tarde toda um seriado novo How to get away with murder (nao que voce tenha perguntado ou queira saber, mais é tao bom que resolvi compartilhar #pessoasboas #compartilhamfilmesbons #semciumes kkkk) enfim, se voce esta passando e abordando esse tema, creio que seja porque esta atingindo a grande maioria mesmoo!! Boa noite!!!

    • Iva Linhares disse:

      Em alguns momentos, sim, acredito nessa linearidade das pessoas, é um paralelo que cansa. Parece, que as singularidades vão sendo perdidas, talvez porque as pessoas estejam cansadas de mudar, ou talvez, já tenham mudado tanto que acabaram perdendo seu próprio “eu”. Esse mundo louco causa esses devaneios existenciais.

      Mas sim, me canso de ver os mesmos gestos, de achar que tudo está exatamente igual, as vezes, até eu, fico muito igual, e lógico amo o diferente e sua plena diversidade, porém esta difícil encontrar essas particularidades.

      Acredito que precisamos nos diferenciar em meio a essas notas sem rimas, inovar, e não somente no sentido de mudar hábitos, mas mudar. Isso pode parecer estranho, mas quando nos diferenciamos as coisas que pareciam distantes se tornam até interessantes.

  • Vane Suzuki disse:

    Concordo com você! Também estou nessa fase! Com preguiça de conhecer as pessoas, os mesmos papos, parece que não tem ninguém agregando nada. E aí você acaba preferindo sua própria companhia.
    Mas acho que é só uma fase e deve passar! Tomara! hahahaha

  • Daiane Sousa disse:

    As vezes da preguiça por saber que tudo se encaminhará ao mesmo final, tornou-se algo monótono, mecânico, que as coisas vão acontecendo quase que automaticamente, sinto falta de sentir aquele frio na barriga pelo inesperado, ser surpreendida, ser conquistada!

  • Jéssica Rodrigues disse:

    Ando com preguiça das pessoas já faz um tempo e eu sei que muito disso se deve ao fato de eu ser super chata, mas simplesmente não consigo evitar, a pessoa começa a falar comigo e eu entediada me distraio com qualquer coisa – qualquer coisa mesmo, o pior é que quem tá conversando comigo só percebe que eu não tô dando a mínima para o assunto quando me faz uma pergunta, obviamente para não deixar a pessoa sem graça eu balanço a cabeça, dou um sorriso ou uso a desculpa de que sou meio lerda, mas a pessoa acaba percebendo minha falta de interesse, o que de certa forma é bom já que ela para de falar. O fato é que tá todo mundo tão igual, tão vazio, que acabei já tendo a mesma conversa várias vezes e não há nada nelas – nem nas pessoas nem nas conversas – que consigam prender minha atenção.

  • Angelica disse:

    Exatamente isso..preguicinha de pessoas comuns…q não falam errado..q acham feio pegar o torresmo c a mão.. q acham q todo mundo tem q gostar d tecnologia… Q tem q ter o celular d Maçãzinha…preguiça d ter q fingir q m interesso por tantas coisas, p parecer interessante…vontade d ter por perto gente q se interessa pelo conhecimento, simplesmente pelo prazer do aprendizado…. mesmo q nunca vá aplicar aquilo em lugar nenhum…ando gostando d esbarrar c pessoas ditas anormais.. Dessaspessoas cheias d devaneios…que se entregam por inteiro ao q estão vivendo..sem pretensões ocultas….amei muito esse texto…porque ando bem com uma preguiça grande d muitos seres humanos …

  • Beatryz Romão disse:

    Bem vindo ao Clube de Pessoas com Preguiça de Pessoas!!! =)

  • Priscila De Mello Rocha disse:

    Eu estou rindo demais! Você descreveu minha situação atual… Na verdade, acho que estou com preguiça de mim mesma. rs

  • raqs disse:

    É bem normal isso na verdade, sentir zZz pelas pessoas por ser sempre aquela mesmice. Segredo é só viver sua vida, fazer o que você gosta, e as pessoas imprevisíveis brotam do nada e volta o gostinho de conhecer de novo. E sim, é mais a sua visão do que as pessoas. A nossa visão e perspectiva mudam, as pessoas não.

  • Gabriela Gonçalves disse:

    Talvez você só não esteja mais se identificando com todas essas coisas, com esse ritmo; mas se você ficar esperando com que o meio com que você esta mude para você se sentir mais vivido isso não vai acontecer, porque só você sente essa necessidade e só você a conhece, então talvez o que traga mais vida a esse meio seja a sua própria ação. Se sente falta de autenticidade nas pessoas expresse a sua autenticidade, já é um começo :)

  • Tieli disse:

    Caralhoooooo! Por um breve momento achei que eu pudesse estar sendo espionada (mentalmente) pq vc falou tudo e mto mais do que eu ando sentindo, vivendo, e sim ando com preguiça de conhecer as pessoas… Parece que o mundo está repleto de pessoas superficiais, esse lance de conhecer e desconhecer pessoas é um saco phorraaaaaa. Juro do inicio ao fim do vídeo vc falou tudoooo o que ando pensando… E sim o netflix está sendo meu melhor companheiro nos últimos meses…
    Cansei de ser ou estar na noite como a sociedade “exige”. A mulher montada, com um sorriso largo no rosto e o copo na mão como se fosse a melhor coisa do mundo, não que seja ruim, as vezes eu gosto de sair pra dançar tbm, mas a vida vai mto além, existem coisas que pode nos preencher muito mais que isso. Cara tu é foda, te respeitei (mais ainda).

  • Iva Linhares disse:

    Em alguns momentos, sim, acredito nessa linearidade das pessoas, é um paralelo que cansa. Parece, que as singularidades vão sendo perdidas, talvez porque as pessoas estejam cansadas de mudar, ou talvez, já tenham mudado tanto que acabaram perdendo seu próprio “eu”. Esse mundo louco causa esses devaneios existenciais.

    Mas sim, me canso de ver os mesmos gestos, de achar que tudo está exatamente igual, as vezes, até eu, fico muito igual, e lógico amo o diferente e sua plena diversidade, porém esta difícil encontrar essas particularidades.

    Acredito que precisamos nos diferenciar em meio a essas notas sem rimas, inovar, e não somente no sentido de mudar hábitos, mas mudar. Isso pode parecer estranho, mas quando nos diferenciamos as coisas que pareciam distantes se tornam até interessantes. Na verdade tudo isso é loucura, mas sem uma dose de insanidade, tudo seria, ah tão igual .

  • Eduarda Figueiredo disse:

    Acho que é uma questão de as pessoas não terem mais alguma coisa de interessante pra te oferecer. Não dizem que os relacionamentos são baseados em interesses das duas partes?

  • Thalita Ribeiro disse:

    Freeed, eu to com muita preguiça das pessoas, inclusive to me achando chata, sem paciência, um saco. haha Que bom que não sou a única. To com preguiça principalmente desses “joguinhos” amorosos, de conhecer, conversar, sair, sumir, reaparecer e não entender o que está acontecendo. Fico pensando ou to precisando de um amor ou precisando ficar sozinha mesmo, vai saber! hahaha Mas é isso ai, tamo junto! Beijoooo

  • Taís Andrade disse:

    Aaaahhh eu não digo preguiça das pessoas mais das mesmas situações!!
    Porém, estou menos radical…deixando as coisas acontecerem! Quero coisas de verdade na vida então, buscar por algo de forma até mesmo forçada, isso sim me dá preguiça!!

    Mas, uma coisa é certa…a idade bate e com isso ficar em casa se curtindo e aproveitando a simplicidade da vida e fugindo do corre e corre de sempre, se torna bem mais prazeroso!!

  • Luana Cadamuro disse:

    Sensacional hahaha, me descreveu! Passo por isso a um tempo.. preguiça das pessoas :(

  • Carina disse:

    Te entendo perfeitamente, tbm passo por essa fase vez ou outra, eu acabo pagando de chata, mas prefiro pagar de chata a ser “obrigada” a ficar em situações que não quero.

  • Carol Anelli disse:

    Preguiça de gente….prefiro meus livros <3

  • Ana Luiza Lima disse:

    Fred, falei disso essa semana e descobri que a psicologia tem um nome pra isso. hahahaha
    Ao que parece é um momento de introspecção, uma coisa relacionada com o ego e tal, mas sinceramente, pra mim isso é reflexo da efemeridade das relações de hoje, essa coisa rápida das mil possibilidades, esses limites que a gente não tem mais, essa fome do novo que a gente tem. Lembre daquele texto que você fez sobre pessoas rasas? Enfim, lembrei dele.
    Beijoo
    p.s: Não bota as pessoas pra concorrer com o Netflix não porquê Netflix é amor líquido, sólido, vaporizado, Netflix é foda, pelo amor de deus…um ode eterno de amor ao Netflix.
    Beijoooo

  • Fabiana disse:

    Me identifiquei muito com tua fase, Fred.
    Não que necessariamente as pessoas estejam chatas, (embora sim, hahah) mas com certeza estão muito iguais. Até pelas redes sociais a gente vê isso. Todo mundo postando fotos semelhantes e argh! Parece q não se vê mais alguém foda, ou simplesmente alguém saindo do padrão. Me sinto meio esquisita. Sou jovem e até lamento essa preguiça que tenho, mas fazer o que?! Também acho o ciclo todo muuuuuito desgastante/cansativo, já que como vc mesmo citou, muitas vezes não acrescenta nada na vida da gente. Também não tenho mais vontade de sair por sair, fica por ficar, pq da um trabalho enorme ficar falando de si e ouvindo o outro pra um mês depois não existir mais nada. Que bad, né?! ahuahua
    Força pra nós! õ/

  • Raquel disse:

    Fred, gosto muito dos seus vídeos, sou tua fã … e estou vivendo exatamente isso.
    Não havia definido um nome, mas tlvz seja msm preguiça … tá td tão igual, tão vázio, q se permitir conhecer alguém novo perdeu um pouco da graça.
    Mas, não vamos desistir … como vc msm disse, tlvz seja apenas uma fase. Pra mim, acredito que seja a crise dos quase 30 rsrsrs
    Grande beijo. E sucesso, sempre!

  • Patrícia Flávia Marcondes disse:

    Curti! Tb tenho preguiça das pessoas hahahah

  • Aline Alves disse:

    E eu pensando que eu era a única chata do mundo!! haha
    Tenho preguiça de tudo isso também. De caras que ficam com aquele papinho vazio tentando impressionar; que acham que o fato de fazerem faculdade os faz fantásticos; que ter o carro x ou ser filho do fulano é incrível..
    Eu prefiro muito mais meu quarto, netflix ou um livro (e o da vez é o seu!).
    Vamos torcer pra ser uma fase.. ou que os demais deixem de ser chatos e sejam “normais” como nós!

  • Agda Verônica disse:

    Fred me descreveu agora.. Preguiça infinita de pessoas <3

  • Lana Vasconcelos disse:

    Netflix, a melhor das companhias! ❤ Mas no fundo é isso mesmo Fred. A pessoa se doa semanas, um mês e esfria… Vem outro, e é do mesmo jeito. Um saco. Eu tô preferindo ficar na minha e curtir a minha solidão, me desgasto menos!

  • Penha disse:

    Oieeeee Fred.
    To contigo
    Sempre falo ..to com preguiça d me socializar.

    Prefiro ficar em casa com minha cachorra Nina assistindo.
    Me julgaa mundooo.

    Bjs

  • Vanessa Sant Ana B disse:

    Nossa achei que era só eu que tava nessa vibe!! Nao se se fico feliz ou triste com isso!!! Ameiiiii o video!

  • Wagner disse:

    Também estou assim ultimamente, saio e percebo que estão todos muito iguais, e o que eu faço? Parei de tentar conhecer, jogo conversa fora, espaireço e tchau. Segue a vida. Não se é fase ou se é minha chatisse se acentuando. rs. Mas não vou mudar não! Acho que está até mais fácil assim.

  • Wagner disse:

    Também estou assim ultimamente, saio e percebo que estão todos muito iguais, e o que eu faço? Parei de tentar conhecer, jogo conversa fora, espaireço e tchau. Segue a vida. Não sei se é fase ou se é minha chatisse se acentuando. rs. Mas não vou mudar não! Acho que está até mais fácil assim.

    Enjoy amigo!

  • Francielli disse:

    Oi Fred! Você é o um dos chatos mais simpáticos e mais sorridentes que deve existir! Afirmo isso com todo meu auto-conhecimento sobre chatice. Atualmente já reconheci que essa característica faz parte da minha personalidade, embora eu sempre tente ser uma pessoa normal e divertida (mas não consigo ser tão sorridente). Mas, independente dessa chatice toda, também to nessa vibe de preguiça há algum tempo e acho que isso não tem a ver com a minha chatice. As pessoas que estão chatas mesmo. Claro, há uma diferença entre a minha chatice e a delas. hahaha. Eu sou uma chata legal. As outras pessoas são chatas umas iguais as outras porque sempre seguem o mesmo roteiro.
    Essa preguiça me incomoda, mas eu tenho um preguiça de tentar mudar isso.

  • Luana Souza disse:

    Fato… preguiça demais de conhecer esses todos tão iguais e passageiros…

  • Klê Abreu disse:

    Tava passando pela mesma coisa, até que me permiti viajar completamente sozinha, como nunca havia feito na minha vida, com a intensão de sair do meu mundo um pouco. Deixei tudo adiantado no trabalho e em ksa e fui, mas fui de cabeça leve, livre!! Me senti completamente em paz, conheci pessoas novas, fiz amizades, tive experiências inesquecíveis, mas também a viagem serviu pra que eu percebesse quanta coisa boa eu tinha em ksa, aprendi a valorizar mais minha família, meu emprego, meus amigos e em momento nenhum eu me preocupei em conhecer ‘alguém especial’, nenhum romance, fiz a viagem pra curtir a mim mesma sem me preocupar com nada, nem com ninguém e voltei outra pessoa, mais leve, mais alegre, mais tranquila, mais segura e confesso que hoje em dia eu penso que eu to muito mais madura e se aparecer alguém, que seja pra compartilhar esse sentimento comigo, que me transborde, não vou mais procurar ninguém, vou deixar o acaso agir!
    P.S. Se quiser uma dica de viagem, venha a Maceió, minha cidade é muito linda e tem uma cultura muito rica, garanto que vai ser incrível! :*

  • Estela Eduardo disse:

    Meu paiiiiii e alguém tem o remédio pra sair dessa fase???? Com preguiça de conhecer pessoas, descobrir gostos, qualidades, defeitos e aprender a lidar com cada uma delas!!! Se alguém souber sair dessa me conta!

  • Flávia Sathler disse:

    I N C R Í V E L !!
    Parece que me vi ai desabafando, pois é exatamente assim que eu me sinto, e o pior é que já faz um tempinho razoável que estou com essa tal de “preguiça das pessoas”. Ultimamente as pessoas parecem serem tão iguais, ter gostos iguais, as mesmas falas, as mesmas mentiras os mesmos jogos! AHHH MESMO TUDO! E isso cansa! Cansa p *%¨$%# (palavrão) .

    Fred, parabéns pelos videos me divirto bastante assistindo sempre acho um pouquinho de mim em alguns deles, mas nesse especificadamente parece que sou eu falando. rs

    Beijos.

  • Julia Passeri disse:

    “Tudo chato, tudo pentelho, tudo sem paciência!” haha exatamente assim, e parece que o chato e pentelho é a gente. Quando você fala que o que mais ama no mundo são os cometários, tenho que comentar, não resisto rs

  • vanessa disse:

    Fred esse video ta um saco de tao parecido comigo.
    De boa rapaz para de falar sobre mim rs.
    Amo você amo seus postes amo seus videos e amo mais ainda me identificar com tudo isso!

  • Giovana disse:

    Cara, obrigada por ter descrito o que a minha cabeça estava tentando entender. É exatamente como eu me sinto. Não sei se quero um amor pra sempre ou um caso intenso do tipo “que não seja esterno mas infinito enquanto dure”, sabe? Algo que me mostre que ainda vale a pena se arriscar e sair da zona de conforto. To cansada de ter que me apresentar e conversar sobres as mesmas coisas e depois esfriar e a pessoa com quem você perdeu madrugadas conversando não representar mais nada. As pessoas vêm e vão e dentro mim nada muda. Se você achar a solução me avisa porque você não é o único hahahah

  • Clara Victória disse:

    Estive numa fase bem parecida. Mesmo ciclo de conversas de quando você conhece alguém… As mesmas perguntas, VC tem que falar as mesmas coisas de quando se está conhecendo alguém, seja quem for. Legal é quando tu conhece alguém e o papo flui sem aquele esforço inicial de impressionar o outro, de mostrar que vc é legal etc. Daí não tem esforço, não tem preguiça mas só diversão de um papo gostoso e fluido.

  • Íris Costa disse:

    Me identifiquei até na Netflix! Kkk

  • Laísa Pirani disse:

    Preguiça forever… as pessoas estão acostumadas a viver nesse ciclo…no meu caso q ja estou velha rsrs… (26 anos).. . as pessoas que conheço nessa mesma faixa, que tb como eu ja esteve em relacionamentos longos, tem medo de se envolver novamente, se entregar e tal, e fica arrumando desculpas para nao ir adiante….. acredito que seja isso… ai entra nesse ciclo de conhecer e desconhecer pessoas… que eu ja estou cansada… entao prefiro mil x minha cada do sair e me frustar mais uma vez…. adorei o vídeo… bj

  • Karina Salazar disse:

    to te amando (no sentido real da palavra), bjão! HAHAHA

  • Nancy Oliveira disse:

    Fred, na verdade é pq você não me conheceu ainda..kkkkk brincadeira. Mas entendo perfeitamente, estava conversando com uma amiga esses dias sobre isso. Temos preguiça de conhecer as pessoas, preguiça de papo de balada, de ficar lá tentando socializar quando na vdd o papo ta chato pra caralho. Cansada de fazer cara de feliz, cara de seu papo é super interessante, quando no fundo queria ta em casa vendo um episódio da sua serie favorita (que no caso eu sou viciada em series) do que esta ali fingindo prestar atenção. As vezes eu inclusive, prefiro ficar em casa estudando ( to concluindo a faculdade de direito) fazendo minha monografia do que estar em qualquer outro lugar. As vezes, quase sempre me sinto uma chata, mas me sinto melhor em casa. As pessoas realmente estão muito iguais.Engraçado q qdo resolvemos sair vamos para as corridas de ruas, um vicio, são lugares cheio de pessoas, mas q ninguém conversa kkkkk, todos focados no tempo e desempenho, um paraíso. Eu e essa minha amiga estamos nos esforçando pra sair dessa preguiça, é importante conhecer pessoas, é legal, e assim como VC temos a consciência de que nós q somos chatas. Bom, to falando demais. Adoro seus videos, seus textos e perderia a preguiça pra bater um papo com você. Beijos

  • Débora Souza disse:

    Esse vídeo é eu 100% kk então, rotulando, sou a pessoa mais egoísta e chata do mundo, pois tô preferindo meu quarto, minha cama, meu livro, ,meu cel, minha própria companhia, netflix, uma panela de brigadeiro e uma garrafa de vinho, uma boa música ao invés de pessoas… Sei lá aprendi a gostar mais da minha companhia… “Tô cansado de tanta babaquice, dessa tanta caretice, dessa eterna falta do que dizer”.

  • Jéssica Dos Santos Paula disse:

    Cara, tu é minha versão masculina!!! Tu é foda! kkkk

  • Larissa Carolino disse:

    Tbm to com preguiça das pessoas…mas ainda não decidi se isso eh ruim….qual o problema d querer um tempo soh? Acho q to cansada d gente falando e não dizendo nada…gosto muito d encontrar padrões…mas quando vih nas pessoas achei chato…

  • Larissa Imamura disse:

    Cara, preciso dizer que nunca comentei nada aqui, mas depois desse video senti extrema necessidade e fazer isso. Esse ciclo vicioso realmente anda me tirando do sério, pq realemente parece que mesmo que você esteja conhecendo, nunca conhece de verdade as pessoas, ai de repente elas somem e você vai atrás ou não vai, ultimamente nem estou mais indo porque a preguiça tá muito grande, ao mesmo tempo que eu quero conhecer alguém que me faça ver o mundo mais rosa ou mais azul ou mais qualquer cor legal, eu to com preguiça de ouvir o que as pessoas tem a dizer, pq na moral, sempre parece que vai dar em bosta nenhuma, e que tudo o que elas estão falando é perfeitamente ensaiado….
    Mas eu honestamente acho que o mundo está assim.. todo mundo tá precisando de um tempo sem conhecer ninguém, essa era de apps pra conhecer gente tem deixado todos fatigados disso.

  • Jessica Nascimento disse:

    Tbem estou nessa vibe hein Fred
    Pessoas previsíveis
    Ou sou eu que sou previsível
    Mas acho mesmo q as pessoas estão pensando sempre em coisas iguais!
    Mesmo papo um dois dias do whats e acabou!
    Não sei lidar kkkk
    Estou me relacionando seriamente com a Netflix!

  • Fernanda Costa disse:

    Caraca, quanta gente com a mesma preguiça que eu… Meu Deus! As pessoas não pensam mais por usas cabeças (não todas). Acham que a vida, o mundo tem que se adaptar a elas e que ninguém pode ser contrário. Querem ser os melhores, os mais, os TOPS! E ficam ditando regras, recitando pensamentos que nunca pararam para analisar se é isso mesmo que acreditam e querem. Os mesmos “papos cabeças” que de cabeça não tem nada. As mesmas vontades e por ai vai… Fred Elboni, me assustei quando vc, que como mesmo disse que conhece pessoas de vários cantos, percebe que é está assim em todos os lugares!!! Será temos salvação?

  • Valéria Da Silva disse:

    Caralhooo é tudo oque eu precisar ouvir, pra me identificar e saber oque está acontecendo comigo hahahaha
    Sempre fui muito baladeira, inclusive trabalho em baladas tbm, adorava conhecer pessoas porém sempre muito tímida…
    Mais cara, to numa fase que pow, que preguiça meo, sempre e sempre as mesmas coisas !
    Valeu mesmo ver este vídeo

  • Mariana Gabriele Soares disse:

    Cara não acredito encontrei alguém com o mesmo pensamento que eu..
    Não consigo pensar em ficar com alguém, só de saber que vai haver as mesmas cantadas, conversas, estilos musicais, os mesmos assuntos como “o que faz” ou “novidades”. O mundo precisa de coisas novas, e pessoas novas!

  • Gabriela disse:

    Você acabou de descrever exatamente a minha fase, preguiça das pessoas, preguiça de conhecer e desconhecer pessoas rs
    parece que você sabe de tudo que acontece na minha vida, porque eu sempre me identifico com tudooooo!
    lindo ❤❤❤❤

  • Natalí Abreu disse:

    E eu que achava que só eu pensava e sentia isso… hahaha
    Fred você é demais ❤

  • Ana Kelly Costa disse:

    Caraaaaaalho! Bem isso! Saudades de admirar as pessoas!

  • Ariane disse:

    Só chega um determinado momento da vida q a gente cansa das mesmas coisas sempre…
    É simples assim…É uma fase, estranha, mais só uma fase. Isso passa! Rs

  • Fernanda Hiromi disse:

    Acho que o que mais me cansa ultimamente é ouvir: não quero me envolver. Não quero nada sério. Que medo é esse ? Pq Deus? Se envolver e se deixar levar é ótimo. É maravilhoso. E, se acabar, sempre rolam boas lembranças e um aprendizado legal. Isso me cansa. Isso me dá medo. As pessoas estão ficando cada vez mais distantes. Não sei te explicar. Mas tô com preguiça desse mundo do desapego. :/ e o pior. Não sei viver nele.

  • Adriely TAtáh disse:

    Bom saber que existem muitas outras pessoas com a mesma sensação que eu, outras pessoas “chatas” ou “velhas” como muitas vezes me rotulam. Uma velha aos 22 anos, cheia de preguiça de conhecer pessoas novas, como você mesmo disse, com preguiça de repetir esse ciclo, preguiça de sair e tambem tenho ando pensando que ficar em casa vendo filmes é a melhor opção. Tenho também essa vontade de encontrar alguém diferente, conhecer alguém que me surpreenda e desperte em mim a vontade de desvenda-lo, de conhece-lo, ou então conhecer alguém que quando o conhecer pareça que eu já o conhecia a muito tempo e que só faltava o conhecer hahahaha. Essa parte foi meio confusa mas é isso aí, me referia a afinidade. Cada dia gosto mais da sua página, gosto muito de tudo que você posta! BjooO

  • Thamires Assis disse:

    Hahhahahahahah….. Falou e disse Fred…não se sinta só… RS

  • Renata Kozanda disse:

    Traduziu minha “fase” em um vídeo kkkk amei

  • Rafaela Alves disse:

    A sensação que eu tenho é que tudo é superficial, passageiro e todos estão caminhando pela vida cheios de diversos planos… Porém esquecendo muitas vezes o essencial. Ninguém parece ser o que é… Vivem o encontro de hoje, pensando no de amanhã! Tudo igual, previsível! Passamos de vida em vida, sem sentir. Tenho a sensação que ninguém mais sente de verdade e quando sente, parece errado! Até para responder uma simples mensagem é preciso pensar, analisar, contar o tempo para não parecer isso ou aquilo, não basta apenas sentir, se apaixonar. Para dizer que gosta, tem que parecer que não gosta, que não se importa, que não quer, que não sente! Sinto falta do amor simples dos meus avós, sinto falta de gente que se importa, que quer estar perto, que faz o que gosta, não o que parece melhor aos olhos alheios, gente que cultiva amizade, que cultiva amor! Andei com preguiça de conhecer pessoas, mas vai que uma hora dessas, alguma me surpreende! Haha… Enquanto isso… Sigo a vida, tentando e sentindo! ;)

  • Lucélia Alves Paixão disse:

    Resumindo a culpa.eh do whats app…kkk
    As pessoas sao tao “intensas” as vezes por msg.. que pessoalmente perdem o “encanto”..
    A facilidade da comunicacao acho q dificulta oq era pra ser o obvio… ng se comunica como antes.. por isso estao todos tao iguais…

  • Letícia Vieira disse:

    Preguiça de comentar. Rsrs, ok, nem tanto. Mas estou exatamente na mesma situação. Nunca dediquei tanto meu tempo livre a permanecer sozinha assistindo milhares de seriados. É a vida! A cabeça e o coração precisam “viajar” sozinhos também. E beijo. Gastei toda minha vontade de socializar nesse comentário.

  • Andrea Rossetti disse:

    Eu também estou na mesma…. Preguicinha das pessoas……
    Sinto as pessoas egoístas, materialistas , cheias de si e vazias para o mundo, pessoas vivendo relacionamentos momentâneos , sem histórias, alguns capítulos resumidamente resumidos.
    Sonho com o dia em que as pessoas passem a investir em seus relacionamentos
    , praticando : Amor , respeito,paciência e reciprocidade.
    Amo tudo que vc escreve. Feliz são as pessoas que tem alguém como vc para compartilhar a vida!!!
    Parabéns – vc manda muito bem com as palavras e temas tratados.

    Um grande abraço

  • Ariane Ribeiro disse:

    Mundo to de férias, conhecer e desconhecer pessoas. Me Julguem.

  • Mônica Melo disse:

    Fred, vc traduziu o meu sentimento nesses últimos meses, tô morrendo de preguiça da mesma coisa sempre “conhece e desconhece”…
    É exatamente, troca whats, conversa pra caramba, conhece pessoalmente ou nem chegar a conhecer e já esfria, todo mundo muito igual, preferindo ficar em casa com meus filmes, livros e séries… Rsrs!!
    Muito bom, adoro seus vídeos e textos!!
    Bjs!!

  • Carla Daniela Kons Franco disse:

    Se eu, uma anônima qualquer, já tenho umas crises de misantropia,imagina você q tem um blog q basicamente lida com comportamentos humanos meio que generalizados (até por isso q faz sucesso, pq em todo mundo bate aquela “ai meldels é minha versão homi”). Com certeza tem uma puta pressão pra se comunicar, fora q os seres humanos se repetem mto mesmo. Por isso que quando eu vejo uma pessoa esquisita já dá vontade de ter por perto. Um antídoto à monotonia sempre vai bem :D

  • Isadora disse:

    Fred.. Que horas que você leu o meu eu? #ChataPorNatureza
    Mas não é questão das pessoas não serem legais ou que sempre são as mesmas, eu é que sempre tive e tenho preguicinha mesmo.

  • Isabella Pessoa disse:

    Ahh Frederico, eu te entendo! E ainda bem que alguém parece me entender também. Ultimamente sou a pessoa mais preguiçosa do mundo. Espero que essa fase passe, ou que a gente se encontre e mate essa preguiça juntos.. hahahaha <3

  • Larissa Morlotti Lopes disse:

    É, achei que so eu tinha esse problema haha. Aquela coisa de conhecer “o que gosta de fazer?/o que faz da vida?/onde gosta de ir?” meu Deeeeeeeus que preguiça de responder isso sempre, e de quebra somem e voltam quando querem como se nunca tivessem ido… Sei que me identifiquei, e entendo tudo isso, espero de coração que seja apenas uma fase, ou minha ou das pessoas em geral, mas que passem, por favor.

  • Fabia Belz Morlotti disse:

    Disse tudo, vc sou eu homem!!!! Preguiça total…do mesmo blablabla. Prefiro ficar em casa do q encarar esses ciclos insuportáveis…estou esperando ser surpreendida em tudo!! Pq as pessoas andam extremamente previsíveis, sem graça, sem surpresas, sem sentido. Estou chata, seletiva e preguiçosa. Rsrsrs.

  • Lorrana disse:

    Eu acho que isso é fase, já passei muito por isso e agora to de boa.. Mas também acho que estamos vivendo uma uniformização das opiniões, saca?!
    Sei lá, só sei que gosto muito dos seus textos :)

  • Sara Freitas disse:

    Adorei, cara! Ouvi e falei: “porra, mais um! ao menos vou ver um vídeo de um cara foda de 5 minutos”! ahhaha.. alma velha, nada comercial, não vou fazer “sala” pra conversas tediosas.. haha

  • Maria Eduarda Zaggo Osaki disse:

    Preguiça social hahaha Cara… Esse vídeo me definiu de um jeito… Mas devo confessar que não estou achando ruim de estar assim, já evitei algumas dores de cabeça com isso! Espero que seja só uma fase, mas se não for… Tô com preguiça de pensar em como vai ser hahahaha

  • Tatiana Oliveira disse:

    Ah, Fred… Que definição perfeita! O que mais me desanima é essa questão do “conhece, desconhece”. As pessoas não se dão ao trabalho de tentar perceber a outra, já te deixam só na primeira oportunidade. Tudo tão superficial que prefiro ficar em casa com a minha gatinha do que perdendo tempo tentando mostrar a pessoa que sou pra quem nem vai prestar atenção.

  • Andreia Aguiar disse:

    Estive nessa fase recentemente, bateu uma enorme preguiça de conhecer novas pessoas,conversar sobre as coisas de sempre…parecia tudo tão repetitivo,sem novidade que desanimei rsrsr. Eu amo conhecer novas pessoas, até pq sou tímida, então não conheço pessoas com tanta frequência e facilidade, mas nessa época eu preferia estar em casa,vendo netflix, que me aventurar, me arriscar na “mesmice” conhecendo pessoas. Mas agora eu tô de boa :D

  • Ana Griiettner disse:

    Vamos ser chatos e assistir Netflix juntos ❤

  • Letícia Oliveira disse:

    Preguiça de conhecer pessoas define o que já senti em vários momentos da minha vida..

  • Michele Franco disse:

    brother vc é uma graça e como eu tenho tido muuuuuuuita preguiça de gente, ve-lo falar desse assunto está sendo um deleite. Vc é um fofo-engraçado e por isso já me levou a ver o três videos do seu site. Não sei se é fase, também estou esperando essa “fase” passar. Ótimo estar na sua companhia abraços e sucesso!