A verdade por trás de uma pessoa fria

Observar o que leva as pessoas a ser quem são é uma das coisas mais curiosas da vida, e eu sempre gostei de matar meu tempo com isso. Na maioria das vezes não encontro qualquer resposta: O chato é chato porque gosta de sê-lo e ponto final. Algumas coisas simplesmente são, e não se pode querer mudá-las ou mesmo compreendê-las.

Vez ou outra esse tipo de reflexão sem sentido me leva a algum lugar, como, por exemplo, enxergar a autodefesa por detrás da arrogância e a solidão por detrás da frieza. Eu não me canso de repetir: autossuficiência é afrodisíaca. Nós gostamos de estar perto de pessoas que se bastam. Agem como se não precisassem de nada nem ninguém, e isso é fascinante.

É preciso, entretanto, enxergar além: ninguém é tão autossuficiente a ponto de não precisar de amor. O amor não é dispensável nem pelo mais autêntico dos seres. Todos nós dependemos dele. Não importa se você não gosta de abraços ou declarações: Existem muitas formas de amor, inclusive as omissas, e você, decerto, precisa de alguma delas.

A verdade por detrás da frieza é uma necessidade descomunal de amor. Uma necessidade tão grande que não consegue se revelar – fica subentendida, por medo de represálias. Por medo de não saber como manifestar-se. Por medo, na verdade, de perder de uma vez só, perde-se aos pouquinhos. A frieza é a autodefesa da necessidade exagerada.

É difícil e até arriscado falar com tanto desprendimento dos sentimentos alheios – ou da falta deles. Mas é fácil reparar: Pessoas frias não sofrem da ausência de sentimentos. Elas apenas os suprimem, os guardam tão bem guardados que não conseguem compartilhá-los. E, em meio à falta de habilidade para sentir e amar, vem a solidão. Solidão que essas pessoas fazem questão de degustar – preferem o inferno da abstinência de amor, a terem que livrar-se de suas armaduras, de seus medos, de seus escudos, tamanha a dor que o desabrochar dos sentimentos lhes causa.

Frieza não é falta e nem ausência. É excesso: de amor e de intensidade. A frieza só espera um abraço espontâneo, um sentimento que transborde pelos olhos e não precise de palavras, para que possa permanecer ali – intacto – em uma redoma de monossílabos vestidos de medo, sem que se tenha que pagar o preço com a solidão dos que pensam que não sabem amar. Mas sabem. Acredite – Eles sabem.

Comentar sobre A verdade por trás de uma pessoa fria

19 comentários abaixo sobre A verdade por trás de uma pessoa fria

  • Avatar Bruno disse:

    Obrigado

  • Avatar bhi disse:

    conheço uma pessoa muita fria emocionalmente falando,ela não se acha fria,se consídera sincero.mas existe muita diferença quanto à essas duas coisas,se você não mandar msg ela n manda..se n da boa noite,tbm ñ da .. coisas e tal,ela já teve depressão é se tratou mas diz q não tem amigos,vive muito distante da realidade da vida

    • Avatar ehercoles disse:

      bhi, me identifiquei com a pessoa que vc descreveu.

      A frieza é a forma mais verdadeira e realista de quem nunca foi amado, talvez nem mesmo pelos pais, quem foi criado sem afeto ou carinho. Melhor enfrentrar a solidão sozinho, que envolver alguém nesse sofrimento.

      É muito difícil para alguém com complexo de abandono poder confiar, até mesmo pequenas ações como “dar boa noite”, é como sangrar uma ferida, a pessoa no fundo quer amar, mas não consegue, são várias amarras, é pura insegurança, medo de envolver alguém no sofrimento.

      Se for um pretendente (“crush” na gíria moderna), é pior ainda, pois a pessoa não tem auto-confiança, nem estrutura emocional, para entrar num relacionamento amoroso.

      Tenho quase 40 anos, até os 33 anos eu acreditava que ia viver sozinho numa boa, de repente vi todos os meus amigos casados e com filhos, me sinto completamente sozinho, um vazio me corroeu. Tarde demais, as mulheres da minha idade já se casaram, ou querem alguém experiente, não sirvo para elas, as novinhas me acham tiozão, então agora a esperança ficou pra próxima encarnação.

      • Avatar Angel disse:

        Minha nossa é exatamente assim que me sinto.

      • Avatar Feliciia desenho animado disse:

        (echercoles)… porque esperar a próxima encarnação?
        É Tão dificil assim aceitar as coisas que você recebe,alguém ja te amou de verdade lutou por você?
        Ou você não deu a mínima para isso.
        Espero que você não seja meu amor.
        Pois ele é a pessoa como vc escreve.
        um filho abandonado , criado por outras pessoas, tem um coração de ouro.. ingênuo as vezes, mas sabe ser cruel e frio quando precisa.
        Eu por outro lado eu tentando refazer a minha vida, pois esse sentimento ao ver seu amor agindo dessa frieza, você tenta buscar milhões mecanismo para entender porque? porque? São tantas perguntas que eu me recuso as até de ir numa terapia para entender o porquê dessa tamanha frieza Muito pelo contrário eu sou muuto doce até demais.. sendo comparada até com a personagem Felicia de um desenho animado, mas quero dizer nessa escrita… ou entender porque tanta frieza , se o amor que não teve no passado , hoje ele esteja batendo a sua porta, dando imueras chances para vivenciar qualquer forma de amor.Eu amooo incondicionalmente essa pessoa fria ,mais doce ao mesmo tempo, nesse momento eu resolvi me afastar pelo bem maior da minha saúde, fisca emocional, não estou bem com isso, sei que ele me ama, mais existe esse bloqueio implacável que o destrói , nem terapia resolveu, é como viver sua vida um pouco de cada vez , sem dar satisfação, a quem quer que seja, não ligando para nada.. a nenhum sistema que rodeia,
        Difícil vivenciar esse ser humano.
        Mas saibam que por traz dessas friezas… existe pessoa como eu que sofro por um amor, no qual a frieza nos afasta a cada dia.
        E no fundo eu sinto dessa pessoa …dessa frieza que ele não é tão ruim assim.. mas eu não conheço mecanismo para pode lo ajuda lo, se assin ele desejar!
        Ass: Felicia

    • Avatar Jessica disse:

      Eu sou assim fria calculista observo todos que esta a minha volta não sou de falar muito prefiro observar os que dizem .

  • Avatar Vanessa disse:

    O difícil é a abrir o coração para alguém que fecha . Amar sem receber.
    Uma hora você para de ser doar para a pessoa fria.

    • Avatar Alexandra disse:

      Verdade… Conheci uma pessoa complicada que diz que é fria mas no entanto quando está mais “alegre” foi capaz de abraçar 2x espontâneamente. Depois disso diz que detesta dar show na rua com a demonstração de carinho em público mas deu esses 2 abraços exatamente à frente da multidão. Diz também que detesta coisas lamechas mas admitiu algumas vezes que gostou de ouvir certas palavras.

      No final de tudo, me pergunto: ele é uma pessoa fria ou simplesmente confusa?

  • Avatar Paulo disse:

    Pesquisando no Google sobre o assunto, encontrei esse artigo, e ele define bem o que eu precisava saber. Convivo com pessoas maravilhosas, porém que são incapazes de demonstrar qualquer forma de sentimento. Para vcs terem uma idéia, eu aceitei trabalhar com eles, ganhando muuuito menos do que o básico para me manter, mudando de residência (agora eu pago aluguel), fazendo o que eu nunca imaginei fazer só para estar perto deles, e nada! Minhas intenções não são percebidas ou simplesmente não são consideradas. O pior, para mim, ser tratado com empregado apenas, sendo que a minha intenção nunca foi essa. Hoje, exatamente hoje, eu decidi desistir de qualquer demonstração de afeto e ficar na minha, mesmo gostando muuito deles. Procurei algo que pudesse me confortar, pois eu sou bastante sentimental, e encontrei esse artigo. Não sei se vale apena tentar algo mais, já que são indevassaveis. É isso. Precisava desabafar.

  • Avatar Heiser disse:

    A culpa é um sentimento fraco, e o amor eu mijo em cima, abraçar é a puta que pariu.

  • Avatar Anna disse:

    Mas n tenho medo de mostrar afeto ou me machucar…acontece qe n sinto necessidade…de ter amigos ou ter relacionamentos….n sinto nada….

    • Avatar Xphead'ie disse:

      Nem sei pq estou escrevendo..n ligo p nada que escreveram … enfim..
      Nao mudo pq o “mundo” que vivo é suficiente p minha existência…
      Quem ta de fora n entra e que já entrou se fffdu. Meu mundo n é para estagiários …
      Eu amo meus filhos e a Deus..
      Mas n sei e talvez nem quera demonstrar amor ao proximo…
      Convivo com pessoas pq sou oportunista ..
      Consigo tirar delas só o que me beneficia.. digo empresa ou pessoa fisica,… nda relacionado a emoção..
      Ex: descontos em produtos por a pessoa ser dono..
      Ajuda mecanica por ser conhecido de um conhecido..
      .

  • Avatar Regina disse:

    Essas são as palavras que descreve oq eu não consigo explicar para quem não me entende.
    A minha “frieza não é falta e nem ausência, é excesso de amor e intensidade”.

  • Avatar Floco de Neve disse:

    Eu sei que sou fria e algumas pessoas mais próximas a mim já me falaram isso. Não sou fria no sentido de responder as pessoas de maneira “grossa” para parecer que não me importo com as coisas. Mas eu sou apática, deixo fazerem de mim o que querem e guardo tudo no coração sem desabafar com ninguém. Em relacionamentos não consigo mostrar interesse mesmo quando quero; acho que me acostumei tanto com a solidão que não me esforço para ter uma companhia mesmo querendo muito. Sou insatisfeita com tantas coisas na minha vida, meu corpo , baixa auto-estima etc… E isso tudo só colabora para que eu sempre “fique na minha”, sozinha e nos cantos. Queria demonstrar mais os sentimentos bons que eu tenho, mas não sei como fazer, tenho até a impressão que, por isso, as pessoas me acham estranha. Só um desabafo, mas queria ajuda. COMO DEIXAR DE SER FRIA?

  • Avatar romulo disse:

    gostei muito do seu site. conteúdo muito interessante

  • Avatar nilda disse:

    Realmente é muito difícil e confuso lidar com a pessoa fria.
    Torna se por ser sofredor.

  • Avatar Geovaneark disse:

    Isso é complicado. Eu tenho alguns problemas relacionados à isso.
    Eu evito qualquer relacionamento, não tenho empatia por ninguém, nem por meus pais, e olha que eles são muito bons comigo. Eu não me importo quando algum amigo meu sai da minha vida ou quando alguém próximo morre.
    Passo a maior parte do meu tempo livre trancado no quarto, muitas vezes bebendo.
    Não puxo assunto com ninguém no Whatsapp, só se vierem falar comigo antes.
    Apesar de eu gostar um pouco desse meu estilo de vida, eu me preocupo demais com isso, e queria resolver o mais rápido possível, porque vez ou outra minha família ou amigos reclamam disso.

  • Avatar Rita disse:

    Nossa, esse texto descreveu a minha vida todinha… tenho 16 anos. Mas minha frieza tem me incomodado bastante. Principalmente porque sou dificil de ter empatia por alguém. Isso… é horrivel! Parece até que eu não tenho sentimento. E pra falar a verdade, sou dificil de me apixonar por alguém, toda vez que algum garoto tenta se aproximar de mim, acredito que ele é apenas uma pessoa que ilude. Mas, tudo isso foi trauma de infância. Sou dificil de confiar em alguém. Nunca desabafei meus problemas pra nunguém. Será que isso tem cura? Ksks. Dói mais ainda, por reprimir meus sentimentos… mas fazer o que?

  • Avatar Mell disse:

    Eu me acho uma pessoa fria, e não me incomoda tanto assim até pq, quando estou com meus amigos ai eles resolvem se afastar de mim fico sozinha, se eu me importar vou acabar chorando muito e mostrando a eles que eu me sentir super mal quando eles me deixaram, não quero que eles pensem que sou fresca ent eu tento me controlar. Em todos os casos isso acontece por isso tomei essa decisão de ser uma pessoa fria, não aguentava mais demonstrar meu todo meu carinho, meu amor, e meus sentimentos para pessoas que ignoravam esse meu lado, parece até q não se importa sempre tive essa impressão. Desistir