O poema e o tapa

te vem um poema às duas da manhã e você leva quase uma hora pra perceber que não vai conseguir dormir enquanto não escrevê-lo. […]

Ele me conhece bem

Ele sabe que eu acordo tarde dia de sábado, então o “bom dia” vem sempre no meio da tarde. Ele sabe que quando eu […]

Parabém pra você, meu bem!

Eu adoro palavras. Gosto da instrumentalidade delas. Gosto das significâncias, dos poderes, das entrelinhas e “entreletras”. Puno-me, religiosamente culpada, quando as utilizo em vão. […]