As coisas loucas não parecem tão loucas quando você encontra um louco para fazê-las com você

Duda Costapor Duda Costa

Louco isso, né? Às vezes a gente acha que tem sonhos intangíveis, vontades incompreensíveis e desejos impossíveis e nem percebe que todos esses “ins” que insistem em surgir às nossas mentes são um bloqueio bem irreal.

É louco como as impossibilidades simplesmente desaparecem quando você encontra alguém que te dá apoio e diz que é uma baita ideia.

É louco como as viagens se tornam realidade quando alguém planeja, se empolga, te dá as mãos e fala que vai junto com você.

É louco como as dificuldades se minimizam e os problemas se apequenam quando alguém diz que vai te suportar nos momentos difíceis e te dá a certeza de que estará ali para você.

É louco isso. É louco como uma pessoa muda tudo e como todo o resto – todo o resto que não importa – fica minúsculo, microscópico e invisível a olho nu quando alguém, com todo o amor e loucura do mundo, ama desesperadamente a sua loucura e decide vivê-la com você.

Comentar sobre As coisas loucas não parecem tão loucas quando você encontra um louco para fazê-las com você